Ocorre no dia 8 de março, a votação para escolha de reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS). A data foi definida em uma reunião extraordinária do Conselho Superior (Consup). No encontro, os conselheiros discutiram, apresentaram ajustes e votaram as normas e o cronograma do processo de consulta apresentado pela comissão de elaboração do regramento do processo eleitoral (Cerpe).

A consulta será em turno único e poderão participar os servidores permanentes ativos e os estudantes regularmente matriculados nos cursos técnicos de nível médio, de graduação e de pós-graduação, nas modalidades presencial e a distância.

Para coordenar o processo, serão constituídas comissões eleitorais nos campi e na Reitoria e uma comissão central, responsável pela coordenação geral.

Candidatos e campanha eleitoral

O período para inscrições de candidatos vai de 31 de janeiro a 02 de fevereiro de 2018 e a campanha eleitoral está prevista para ocorrer entre os meses de fevereiro e março. Podem se inscrever para o pleito, servidores docentes ativos que cumprirem os requisitos previstos no Artigo 17 da Resolução nº 11/2017 do Consup.

O eleito assumirá o cargo em caráter pro tempore até fevereiro de 2020, de acordo com o previsto no Decreto 6.986/2009. Após este período, está prevista nova consulta para reitor e diretores-gerais de campi. Até a posse do eleito, o reitor substituto, pró-reitor de Desenvolvimento Institucional, José Eli Santos dos Santos (designado pela Portaria nº 1128, de 30 de junho de 2017), está à frente da instituição.