Setembro mês de grandes comemorações. Em fim , os prenúncios da primavera, com ela, como a juventude que fluem novas esperanças e novos projetos para uma nova vida.

Após a semana da Pátria, que foi uma reflexão sobre os valores de pessoas que sabem construir, e que sabem fazer do pouco grandes reflexões, para construírem a paz, a harmonia e os alicerces das futuras gerações.

“Os valores fornecem o alicerce ocultos dos conhecimentos e práticas que constantemente construímos nas nossas vidas. São crenças de maior categoria, partilhados por uma cultura e que surgem do consenso social. Tornam a vida algo digno de ser vivido, definem princípios e propósitos valiosos e objetivam fins grandiosos. Sem transmitir os valores humanos universais, não há como formar cidadãos éticos e preparados para viver em sociedade.”

O projeto da Secretaria Municipal de Educação para a semana da Pátria teve seus objetivos alcançados. A expressão do rosto das pessoas eram sinceras. “Queremos um novo horizonte.”

Enquanto no Brasil, em algumas cidades, foram manifestações negativas, nossa cidade estava enfeitada de um povo ordeiro, pacífico, demonstrando seus verdadeiros “VALORES”, Parabéns, a todos os que participaram. O povo de Bento Gonçalves, viu e vibrou com as manifestações e isso nos lembra algumas reflexões recomendadas pelo Papa Francisco, em sua visita ao Brasil.

“Queridos, sejamos luzeiros de esperança! Tenhamos uma visão positiva sobre a realidade. Incorporemos a generosidade que caracteriza as pessoas e os jovens, acompanhando-lhes no processo de se tornarem protagonistas da construção de um mundo melhor.” Diz ainda: “Neste santuário, que faz parte da memória do Brasil, podemos quase que tocar aqueles valores imateriais que são o coração espiritual de um povo:espiritualidade, generosidade, solidariedade, perseverança, fraternidade, alegria; trata-se de valores que encontram sua raiz mais profunda na fé de cada um.”

“Deus sempre surpreende, como o vinho novo. Ele sempre reserva o melhor. Mas pede que nos deixemos surpreender pelo seu amor, que acolhamos as suas surpresas. Longe dele, o vinho da alegria, o vinho da esperança, se esgota. Se nos aproximarmos dele, se permanecermos com ele, aquilo que parece água fria, aquilo que é dificuldade, aquilo que é tenebroso, se transforma em vinho novo de amizade com ele.”

“Quem poderia imaginar que o lugar de uma pesca infrutífera, tornar-se-ia o lugar onde todos os brasileiros podem se sentir filhos de uma mesma mãe?” “Não deixemos entrar em nosso coração a cultura do descartável. Ninguém é descartável. Tudo que se compartilha se multiplica.” “Nunca desanimem, não percam a esperança, não deixe que se apague a esperança. A realidade pode mudar, o homem pode mudar. Procurem ser vocês os primeiros a praticarem o bem, a não se acostumarem ao mal, mas a vencê-los.” Com estas reflexões, convido to0dos para participarem da 28ª FEIRA DO LIVRO de Bento Gonçalves, Rs- LIVRO É O CAMINHO- De 11 à 22 de Setembro de 2013.