Regional

Região define projetos que serão contemplados pela Consulta Popular 2018

Ranieri Moriggi
Escrito por Ranieri Moriggi

O processo da Consulta Popular de 2018, para os recursos de 2019, teve a votação finalizada na sexta-feira, 29 de junho. Os resultados finais oficiais só foram conhecidos na terça-feira, 3 de julho, após divulgação oficial do governo do Estado.

De todas as propostas elencadas para votação na região da Serra, a ampliação, reforma e aquisição de equipamentos para estabelecimentos de saúde vinculados ao Sistema Único de Saúde (SUS), foi a mais votada com 22.784 votos. A relação divulgada aponta ainda quais os municípios que conseguiram alcançar o percentual para a receber os investimentos em cada demanda apresentada.

Conforme aponta o Governo do Estado, a região do Corede-Serra tem a previsão de receber em torno de R$ 2,9 milhões para serem aplicados no orçamento de 2019.

Bento Gonçalves conseguiu a classificação e está elencado para receber uma parte dos recursos na área da saúde,  segurança e apoio aos Arranjos Produtivos Locais (APL) destinados aos municípios beneficiados.

Confira a relação com as cinco demandas mais votadas:

– Ampliação, reforma, e aquisição de equipamentos para estabelecimentos de saúde vinculados ao SUS – Antônio Prado, Bento Gonçalves, Caxias do Sul, Cotiporã, Farroupilha, Guaporé, Nova Araçá, Nova Bassano, Nova Prata, Nova Roma do Sul, Paraí, São Marcos e Veranópolis. Valor: R$  878.861,87.

– Reaparelhamento dos órgãos de segurança – Bento Gonçalves, Boa Vista do Sul, Caxias do Sul, Garibaldi, Montauri, Paraí, São Marcos, Serafina Corrêa, União da Serra e Veranópolis. Valor: R$ 732.384,89.

– Programa de apoio e ampliação da infraestrutura rural – Boa Vista do Sul, Caxias do Sul, Cotiporã, Fagundes Varela, Guabiju, Montauri, Monte Belo do Sul, Nova Bassano, Pinto Bandeira, São Marcos, São Valentim do Sul, União da Serra, Vila Flores e Vista Alegre do Prata. Valor: R$ 585.907,91.

– Regionalização do turismo – Caxias do Sul, Coronel Pilar, Cotiporã, Garibaldi, Nova Prata, Nova Roma do Sul, Protásio Alves, Santa Tereza, São Marcos, União da Serra, Veranópolis, Vila Flores e Vista Alegre do Prata. Valor: R$ 439.430,93.

Apoio aos arranjos produtivos locais (APLs) – Bento Gonçalves, Caxias do Sul, Farroupilha e Guaporé. Valor: R$ 292.953,96. 

 

Sobre o autor

Ranieri Moriggi

Ranieri Moriggi

geral3@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário