Brasil e Mundo

Petroleiros protestam contra o preço do gás e da gasolina nesta quinta, 7 de junho

Da Redação
Escrito por Da Redação

Os petroleiros e trabalhadores de diversas categorias, além de centrais sindicais, realizam um ato pela redução do preço do gás e da gasolina nesta quinta-feira, 7h às 18 h, na Esquina Democrática, em Porto Alegre. A atividade, chamada pelo Sindicato dos Petroleiros do Rio Grande do Sul (Sindipetro-RS), objetiva pressionar o governo para que seja alterada a política de preços da Petrobrás para os combustíveis.

De acordo com o Sindicato, a política atual é voltada para o mercado e prejudicial para a população. Conforme a central sindical, o protesto também visa denunciar o “desmonte da Petrobras, provocado pelo governo de Michel Temer, com objetivo de privatizar uma das maiores e mais importantes empresas brasileiras, entregando não só o petróleo e o pré-sal para petrolíferas estrangeiras, mas também a soberania e a possibilidade de desenvolvimento do Brasil garantido pela Petrobras”.

Os petroleiros lembram que desde que foi criada, em 1954, a Petrobras já teve interesse de grupos empresariais estrangeiros várias vezes, mas “a resistência do povo vem impedindo a entrega”. Nos anos 90, durante o governo FHC, por exemplo, o nome da empresa chegou a mudar para “Petrobrax” com objetivo de privatizar a estatal mas, de acordo com a categoria, foi a resistência do povo que interrompeu o projeto de privatização. “Se a gasolina e o gás de cozinha já estão caros, imagine se a Petrobras for privatizada”, diz a entidade.

Fonte: Ascom Sindipetro-RS

Sobre o autor

Da Redação

Da Redação

redacao@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário