Geral

Pasin apresenta metas para os próximos dois anos de mandato

Da Redação
Escrito por Da Redação

Para o prefeito, a evolução da cidade passa por planejamentos de gestão, inovação e visão de mundo

Pensar grande de forma coletiva, usufruindo do potencial apresentado pelo município. Esta foi a dica do prefeito de Bento Gonçalves, Guilherme Pasin, aos convidados que lotaram o Salão Nobre do Centro da Indústria, Comércio e Serviço (CIC-BG), na noite de segunda-feira, 19. O evento marcou a abertura da programação anual da instituição.

Por quase duas horas, divididas entre a explanação inicial e um bate papo com perguntas e respostas, Pasin abordou diversas pautas que norteiam a Administração Municipal, como emprego e renda, inovação, gestão e visão de mundo. Na palestra, o prefeito questionou a todos “quais seus grandes sonhos? Qual suas maiores motivações?”, indagou.

Para Pasin, o grande sonho, para ele e Bento Gonçalves, é “o município sendo uma referência para o Estado e país, em termos de qualidade de vida, geração de empregos, inovação e gestão”. O mandatário ainda acrescentou, “sonho é aquilo que nos une, é o nosso objetivo maior, a onde nós queremos chega, mesmo que isso seja distante. Sonho é a principal meta a perseguir, que nos faz pensar a diante e projetar o futuro”, disse.

Ao abordar em como o município irá transformar este ideal em realidade, Pasin, apresentou algumas metas traçadas para este ano e até o fim do seu mandato. Entre os apontamentos principais, o prefeito ressaltou a construção do presídio, longe do centro da cidade, a nova estação de tratamento da Corsan, no bairro Barração, o aprimoramento do turismo e indústria, construção de um terminal de passageiros no aeroporto da cidade, possível criação de uma Guarda Municipal, além de novas perspectivas energéticas, mais sustentáveis.

Sobre os mecanismos adotados para que estes pontos sejam alcançados, Pasin relata, “nós precisamos de uma base de trabalho para que a cidade avance e se desenvolva. A cidade entenda, as lideranças comprem e a prefeitura adote”. Ainda, de acordo com o prefeito, a política deve ser pensada com uma “gestão mais eficiente, produtiva e moderna, com melhoria em conceitos, desdobramento de metas e melhoria dos projetos”, ressalta.

Ao encontro disto, o mandatário, relata o interesse da prefeitura integrar e centralizar atendimentos. “Esse ano devemos abrir um edital do centro administrativo para a comunidade, serão 14 secretaria e órgãos públicos concentrados em um único lugar, na Rua 10 de Novembro- onde hoje funciona a Secretaria de Saúde”, destaca.

No encontro na noite de segunda,o prefeito de Bento falou sobre seus objetivo para a cidade. Foto: Lorenzo Franchi

Segundo estimativas da prefeitura, com a unificação das secretarias em um local, espera-se economizar cerca de R$1,2 milhões, por ano.

Atendendo ao público, Guilherme Pasin foi questionado pelas empresas e convidados. As principais indagações foram feitas sobre o tema de inovação e “como a prefeitura pode contribuir para que a cidade eleja, nas próximas eleições deputados (federais e estaduais)”.

Quanto as inovações, o prefeito respondeu: “devemos mostrar novidades aproveitando a força de todos os setores, o vinho, a rede hoteleira, a gastronomia e a indústria moveleira. É preciso ser protagonista, ser empreendedor”, ressalta Pasin.

Sobre a retomada da representatividade na Câmara de Deputados e cenário político, questão levantada três vezes no bate-papo, Guilherme Pasin foi enfático. “Parece difícil, mas é muito mais simples do que parece. Nós precisamos acreditar. Precisamos incentivar as lideranças a falar das nossas dificuldades, apresentar problemas, mas de forma que se comprometam com as causas do município. Enquanto nós não nos dispusermos em debater essas questões, olharemos municípios próximos elegendo deputados, como é o caso de Marau- com 2 deputados. É preciso deixar vaidades de lado e entender quem é competente para nos defender, qual candidato pode fazer mais por Bento”, afirma.

Ao final do encontro, o prefeito reiterou, “estamos no caminho correto. Bento hoje se faz notar por pautas positivas. Diversos especialistas e revistas colocam a cidade no topo do ranking de qualidade de vida. Somos reconhecidos pelo trabalho. Podemos ser mais, nos apaixonar mais, vibrar mais com nossas conquistas e avanços”, pontua.

Em sua última fala e respondendo a sua questão inicial, sobre o “grande sonho para Bento Gonçalves”, Guilherme Pasin ressalta, “em 2017, tivemos no município 807 novos empreendimentos instalados. Estamos retomando o poder econômico, de investimento”. Ele ainda conclui, “estamos construindo um sonho grande, que está a cada dia mais próximo de ser concreto e real”, enfatiza o prefeito Guilherme Pasin.

Sobre o autor

Da Redação

Da Redação

redacao@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário