Geral

Escola Anselmo é uma das cinco finalistas Prêmio Gestão Escolar 2015

Cleunice Pellenz
Escrito por Cleunice Pellenz

A Escola Estadual Anselmo Luigi Piccoli, é uma das cinco finalistas do 16º Prêmio Gestão Escolar, promovido pelo Ministério da Educação e pelo Conselho Nacional de Secretários de Estado da Educação (Consed). A informação foi divulgada nesta quarta-feira, 11 de novembro. O resultado final será conhecido em 3 de dezembro, durante cerimônia em Brasília.

Este ano, 7.810 estabelecimentos de ensino concorreram ao prêmio, que busca focar o olhar da comunidade para os diferentes processos envolvidos na gestão escolar. Ao todo, 27 escolas foram selecionadas como Destaque Estadual/Distrital. Destas, cinco foram selecionadas para a final.

Ao lado do Prêmio Educadores do Brasil, o Prêmio Gestão Escolar integra a Iniciativa Educadores do Brasil, que reúne, além do MEC e do Consed, a União Nacional de Secretários Municipais de Educação (Undime), a representação no Brasil da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco) e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

A diretora da Escola Anselmo, Tânia Regina Ducatti Sasso, conta que a gestão do estabelecimento é baseada em Planejamento Estratégico e Participativo, com foco na aprendizagem dos alunos. “Os processos e ações são socializados com a comunidade escolar, que se sente à vontade para participar da gestão. Desenvolvemos também um projeto de Monitoramento da Aprendizagem e Acompanhamento Familiar, envolvendo a família na vida escolar dos filhos. Outro diferencial é o grupo de trabalho, formado por professores e colaboradores que são parceiros valiosos no desenvolvimento dos projetos e nas funções docentes e de apoio. A Escola também trabalha com a mediação de conflitos no espaço escolar, através da aplicação dos princípios da Justiça Restaurativa e da Cipave”, conta a diretora.

As escolas indicadas recebem prêmios em dinheiro, de forma não cumulativa: R$ 6 mil para as indicadas como “Destaque Estadual/Distrital”; R$ 10 mil para as escolas selecionadas como “Destaque Regional”; e R$ 30 mil para a escola vencedora do prêmio, cujo diretor receberá também um prêmio de R$ 6 mil. A iniciativa Educadores do Brasil, que integra e divulga os prêmios, está voltada para a meta 17 do Plano Nacional de Educação (PNE), de valorização dos profissionais do magistério das redes públicas de educação básica.

Informações do Governo do Estado.

Sobre o autor

Cleunice Pellenz

Cleunice Pellenz

geral5@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário