O governo liberou a relação de trabalhadores que terão direito ao chamado abono do PIS, em 2024. De acordo com as informações, cerca de 25 milhões de pessoas devem ser beneficiadas. Para saber se tem direito aos valores, inclusive de anos anteriores, o cidadão pode consultar no aplicativo Carteira de Trabalho Digital e no portal Gov.br.).

Segundo as regras, tem direito ao abono quem, em 2022, trabalhou pelo menos 30 dias com carteira assinada e recebeu em média até dois salários mínimos por mês. Também é preciso estar inscrito no PIS ou no Pasep, no caso dos servidores públicos, há pelo menos cinco anos.

Ao todo, 24,8 milhões de trabalhadores receberão o abono, segundo o Ministério do Trabalho, sendo 21,9 milhões da iniciativa privada e 2,9 milhões do serviço público. 

O valor máximo do abono é referente a um salário mínimo atual, ou seja, R$ 1.412. O pagamento começa no próximo dia 15. Nesta data, receberá o benefício o cidadão que faz aniversário em janeiro.

No total, serão sete lotes, sempre com o base no mês de nascimento do trabalhador. Os últimos a receber, em 15 de agosto, serão os cidadãos que fazem aniversário em novembro e dezembro.

O calendário completo pode ser consultado neste link.

Mais informações podem ser solicitadas nos canais de atendimento do Ministério do Trabalho e nas unidades das Superintendências Regionais do Trabalho, pelo telefone 158 ou pelo e-mail: [email protected] (substituindo os dígitos UF pela sigla do estado do trabalhador).