Bairros

Quadrilátero Central: obras de revitalização são concluídas

Da Redação
Escrito por Da Redação

Projeto contou com investimento de R$ 698 mil, sendo R$ 564 mil de recursos da União e R$ 152 mil de contrapartida

Com o objetivo de proporcionar mais segurança aos pedestres, acessibilidade e fluidez no tráfego de veículos, a Prefeitura concluiu a última etapa do projeto de Revitalização do Quadrilátero Central. Entre as melhorias estão o nivelamento das calçadas, a troca do revestimento, a instalação do piso podotátil – que conta com alto-relevo, adaptado para orientar deficientes visuais -, o rebaixamento de guias, a adequação de sarjetas e o alargamento das calçadas.

Com as obras, a Prefeitura também buscou minimizar as reclamações de pedestres sobre as antigas calçadas. “As pessoas reclamavam que o piso era irregular, quando chovia as pedras se soltavam, em alguns pontos as calçadas eram estreitas, as pessoas tropeçavam com frequência, enfim tínhamos vários problemas”, revela o secretário de Gestão Integrada e Mobilidade Urbana, Amarildo Lucatelli. Ainda, de acordo com o Secretário, além destas obras foi ampliada a sinalização viária na região regulando a utilização das vagas de estacionamento existentes.

A terceira e última etapa do projeto contemplou o alargamento do passeio público da Rua Saldanha Marinho, entre a Via Del Vino e a Ramiro Barcellos, e da Rua Dr. José Mário Mônaco. O projeto total contou um investimento de R$ 698.989,34, sendo R$ 564.168,87 de recursos da União e R$ 152.820,87 de contrapartida do Município.
O prefeito Guilherme Pasin ressalta que além de todos os benefícios, o projeto prioriza o cidadão deixando o Centro mais voltado para os pedestres. “Estamos entregando para a comunidade um importante projeto. As modificações que foram executadas beneficiam diretamente os pedestres, que, a partir de agora, podem usufruir de um passeio público com mais espaço para se deslocarem com tranquilidade”.

A primeira etapa do projeto abrangeu o alargamento das ruas Marechal Floriano e Saldanha Marinho. A obra também contemplou a retirada e pavimentação de passeio público existente na Julio de Castilhos, entre a Ramiro Barcelos e a Marechal Deodoro, e a criação de uma plataforma de embarque e desembarque para passageiros do transporte coletivo urbano na via. A calçada foi reformada e alargada em determinados pontos, no sentido Bairro-Centro, onde foi colocado piso tátil no passeio público, para facilitar o deslocamento das pessoas com necessidades especiais.

A segunda fase consistiu no alargamento da calçada da Rua Marechal Floriano, sentido leste-oeste, entre as ruas Félix da Cunha e Saldanha Marinho.

Sobre o autor

Da Redação

Da Redação

redacao@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário