Cultura

Morre Eva Sopher, presidente da Fundação Theatro São Pedro

Ranieri Moriggi
Escrito por Ranieri Moriggi

Eva Sopher, presidente da Fundação Theatro São Pedro, morreu na quarta-feira, 7 de fevereiro, aos 94 anos. Ela estava internada no Hospital Moinhos de Vento, após sofrer um AVC (acidente vascular cerebral) em setembro de 2016.

Nascida em Frankfurt, Alemanha, em 18 de junho de 1923, Eva foi uma empreendedora cultural teuto-brasileira. Tornou-se conhecida por seu trabalho bem-sucedido para a recuperação do Theatro São Pedro, um dos marcos mais importantes da cidade de Porto Alegre, após um longo período de decadência.

Já foi homenageada diversas vezes por seu trabalho cultural, destacando-se o recebimento da Medalha do Mérito Farroupilha, a maior honra concedida pelo Legislativo gaúcho, o prêmio Personalidade Top Ser Humano 2008 da Associação Brasileira de Recursos Humanos, seccional Rio Grande do Sul, uma das premiações mais cobiçadas do país na área de Recursos Humanos, e a sua escolha como patronesse do festival Porto Alegre em Cena de 2006.

Em 2015 recebeu a “Medalha de Goethe” (Goethe-Medaille) do Instituto Goethe na Alemanha pelo seu trabalho como presidente do Theatro Sao Pedro de Porto Alegre onde, segundo a justificativa do prêmio, criou “um local de encontro internacional para artistas de todos os estilos”.

O governador do Estado, José Ivo Sartori decretou luto oficial de três dias. A pedido do governador, o secretário Victor Hugo conversou com as duas filhas de Dona Eva, apresentando condolências em nome do governo do Estado e colocando o Palácio Piratini à disposição para o velório. Os familiares informaram que Dona Eva sempre manifestou o desejo de ser velada no Theatro São Pedro.

O velório ocorre nesta quinta-feira (8), das 11h às 18h.

Sobre o autor

Ranieri Moriggi

Ranieri Moriggi

geral3@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário