Geral

Mais de 89 mil estão aptos a votar em Bento

Lorenzo Franchi
Escrito por Lorenzo Franchi

Segundo dados do Cartório Eleitoral de Bento Gonçalves, cerca de 3,9 mil pessoas realizaram atualização do título

De 1º de abril até o dia 9 de maio, os cartórios eleitorais de todo o Brasil estiveram acolhendo os cidadãos que desejaram realizar atualizações de cadastros. Segundo o representante da unidade em Bento Gonçalves, Ricardo de Abreu, passado o período, 89. 397 pessoas estão aptas a votar nas próximas eleições na Capital da Uva e do Vinho.

Segundo de Abreu, a procura pela atualização do título na cidade superou as expectativas. “Realizamos 3.910 operações cadastrais, sendo as mais frequentes os recadastramentos de dados dos eleitores e transferências do título para Bento”, ressalta.

Questionado sobre o número de cidadãos que ainda constam como irregulares ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), de Abreu afirmou que não é possível mensurar esta relação. “Estatisticamente, a maior irregularidade é do eleitor com ausência às urnas (não votou) não justificada (não justificou)”, explica.

O representante ainda acrescenta que a legislação brasileira propõe a obrigatoriedade no comparecimento às urnas. “Assim, permanece regular o eleitor que, estando em outro município, comparece a uma seção eleitoral no dia da eleição (e justificando eletronicamente)”, pontua de Abreu.

Cadastramento Biométrico

Desde outubro de 2015, todo o eleitor do Rio Grande do Sul que procura a Justiça Eleitoral para fazer o seu alistamento, revisar seus dados ou mudar seu domicílio, tem seus dados biométricos coletados. Além desse recadastramento regular, que acontece sempre que o eleitor espontaneamente procura atendimento, também está sendo utilizado, para concluir o processo de coletas dos dados biométricos em determinados municípios, o mecanismo de revisão do eleitorado. Segundo o TRE será definido um período em que o cidadão será obrigado a comparecer sob pena de ter seu título cancelado.

Ainda conforme o Tribunal Regional Eleitoral, em 426 municípios, este processo foi concluído. Nos demais 71 municípios a revisão vai acontecer após as eleições de 2018, em datas a serem definidas. A previsão, segundo o orgão, é de que o recadastramento biométrico seja concluído, em todos os municípios do estado, até as eleições de 2022.

Entre as cidades que ainda não estão em haver com a biometria, a localidade que apresenta menor adesão é Irai, com 12% da população cadastrada. Conforme levantamento do TRE, cerca de 41 mil bento-gonçalvences já estão regularizados, o que representa pouco mais de 45%.

Quem ainda não realizou a sua biometria, pode, através da plataforma online, agendar uma consulta e marcar atendimento presencial na unidade da cidade. A solicitação está disponível no www.tre-rs.jus.br.
Na plataforma também há requerimentos de justificativas de ausência de voto. O documento deve ser preenchido, assinado e entregue em um cartório eleitoral.

Sobre o autor

Lorenzo Franchi

Lorenzo Franchi

Deixe um comentário