Geral

Maior Festival de Ciência do mundo chega a Bento Gonçalves

Ranieri Moriggi
Escrito por Ranieri Moriggi

Em 2019, Bento Gonçalves estreia no maior Festival mundial de divulgação científica, o Pint of Science. Nas noites dos dias 20, 21 e 22 de maio, assim como em outros 24 países, a noite será dedicada para falar de ciência, de uma forma descomplicada nos ambientes descontraídos de bares. O evento é promovido pela Embrapa Uva e Vinho e pelo campus Bento Gonçalves do Instituto Federal do Rio Grande do Sul(IFRS).

E como não podia ser diferente, a programação na Capital Nacional do Vinho orbita em torno do inebriante mundo do vinho. No dia 20 de maio, o Boteco Sports (Rua Silva Paes, 60 – Cidade Alta) receberá o tema “Uvas e vinhos: frutos da natureza e tecnologia”, em uma noite dedicada a compreender o vinho como um dos mais nobres produtos do processo de fotossíntese. Para isso, enquanto o professor do campus Bento Gonçalves, Rodrigo Otávio Câmara Monteiro, fala sobre “A precisão que vem do céu”, abordando a viticultura de precisão, o pesquisador da Embrapa Uva e Vinho, Henrique Pessoa dos Santos e o professor Leonardo Cury (IFRS) apresentam “A vida e o vinho a partir do sol!”. “Entre leveduras e formigas: segredos da ciência” será o tema da terça-feira, dia 21, no Botequim São Bento (Rua Henry Hugo Dreher, 273 – Planalto). Nesta noite a professora Aline Nondillo (IFRS) irá revelar alguns detalhes interessantes sobre “A vida secreta da formigas”, e a cientista Bruna Carla Agustini (Embrapa Uva e Vinho) falará sobre “As pequenas notáveis: um brinde às leveduras”.

“O sabor do vinho brasileiro” foi o tema escolhido para o encerramento da edição de 2019, no dia 22 de maio, no Mister Red (R. Herny Hugo Dreher, 330-370 – Planalto). Os pesquisadores Mauro Zanus e Jorge Tonietto, da Embrapa Uva e Vinho, falarão sobre “Carvalho: aromas e sabores do vinho” e “O gosto do terroir”, respectivamente. Neste dia a programação é reservada para pessoas acima dos 18 anos, pois haverá degustação de bebidas.

Além das apresentações, durante os encontros, o público participante também poderá fazer perguntas e conversar com os pesquisadores sobre o tema da noite e outras dúvidas que surgirem. “A ideia de trazer o Festival para Bento foi abrir esse novo canal direto entre os cientistas e o público geral e apresentar assuntos interessantes de uma forma leve”, destaca Marcos Botton, chefe adjunto de Transferência e Tecnologia da Embrapa Uva e Vinho e coordenador do evento em Bento Gonçalves. “Vamos provar que na taça do vinho também tem muita ciência”, brinca ele ao fazer uma alusão ao nome do Festival, pois o Pint nada mais é do que um tradicional copo de cerveja muito comum em países Europeus e nos Estados Unidos.

Como participar

O Pint of Science é um evento informal, sem inscrição prévia, sem o pagamento de nenhuma taxa e com vagas limitadas. O único custo é a consumação individual. Todos os bate-papos começam às 19h30, mas se recomenda chegar mais cedo, já que não há reserva de lugar. A programação completa pode ser conferida em http://pintofscience.com.br/events/bentogoncalves

Fonte e foto: Ascom IFRS

Sobre o autor

Ranieri Moriggi

Ranieri Moriggi

geral3@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário