Esportes

Futuro ainda incerto para o BGF em 2019

Lucas Delgado
Escrito por Lucas Delgado

Imbróglio envolvendo equipes, Liga Gaúcha e Federação impede definição sobre qual campeonato será disputado em 2019


Uma briga entre entidades que regem as competições do futsal do Rio Grande do Sul inviabiliza as certezas acerca da temporada de 2019. Para este ano, Federação Gaúcha de Futebol de Salão (FGFS) e Liga Gaúcha de Futsal (LGF) promoverão as suas respectivas ligas, ao contrário do que acontecia nos dois últimos anos. O Bento Gonçalves Futsal (BGF), que disputou a Liga Gaúcha do ano passado, ainda aguarda movimentações para optar qual competição será disputada no atual ano.

As indefinições surgem a partir de uma “queda-de-braço” da FGFS e da LGF. Até então, nos últimos anos, a Liga (de caráter independente e com gestão apoiada pelos clubes) possuía a gerência da elite do futsal estadual, homônimo à entidade. As divisões inferiores, equivalentes ao segundo e terceiro escalões, ficavam com a Federação do Rio Grande do Sul e eram chamadas de Série Prata e Bronze, respectivamente.

O BGF esteve em ação na Liga Gaúcha de 2018, porém encerrou sua participação com a segunda pior campanha e fora rebaixado à segunda divisão. Entretanto, com duas entidades gerindo diferentes competições, os times precisarão optar por qual chancela atuar. No sábado, 26, representantes de 37 agremiações estiveram em reunião com a LGF para ouvir as propostas e perspectivas para a atual temporada.

Entre os integrantes do grupo reunido estava o presidente do BGF, Alcindo Somensi, que garante não haver uma posição definitiva até o momento. “Basicamente, é uma situação de nós decidirmos por qual competição vamos disputar (…). Provavelmente vamos optar pelo o que a maioria dos times decidir também”, ponderou.

Ainda de acordo com o presidente do clube bento-gonçalvense, a cautela na adesão pela Liga Gaúcha ou a Federação depende de entender o momento do time. “Ainda estamos analisando para poder entender o que é melhor para nós. Hoje não temos nenhuma definição e vamos seguir estudando para depois decidir”, adiciona Somensi.

A confirmação junto a Liga Gaúcha deve ser dada até 8 de fevereiro. Até lá, não deverá ser feita manifestação pública individual pelos times. Já a Federação Gaúcha prevê congressos técnicos para as suas competições no segundo semestre de fevereiro, o que deve abrir mais margens para incertezas sobre o futsal do Rio Grande do Sul.

Convite para a elite

Embora o Bento Gonçalves Futsal tenha sido rebaixado para a segunda divisão estadual na temporada passada, houve convite para que se mantenha entre os principais do estado. A possibilidade chegou a agradar ao técnico da equipe, Vaner Flores, porém há o entendimento de analisar a situação do BGF. “Eu gostaria de jogar na elite, sem dúvidas, mas precisamos ver o investimento que será feito no clube”. Ainda segundo Flores, “Nesta semana vou me reunir com o presidente para que sejam definidas algumas situações”, projeta.

Entretanto, antes do encontro que deverá projetar qual divisão será disputada pelo BGF, a diretoria rechaça a possibilidade de evitar o rebaixamento: “Nós vamos disputar a Série Prata de qualquer forma. Nós caímos, então precisamos lutar para subir, sem pular etapas”, avaliou Alcindo Somensi.

Sobre o autor

Lucas Delgado

Lucas Delgado

esporte@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário