Saúde

Em homenagem ao Dia das Mães, Hospital Tacchini inaugura seu novo Centro Obstétrico

O novo Centro Obstétrico do Hospital Tacchini foi inaugurado nesta sexta-feira e já está a disposição da comunidade regional. O espaço foi modernizado, colocando em evidência um novo modelo assistencial de atendimento, onde mamãe e bebê serão o centro das atenções, recebendo o acolhimento e o aconchego necessários para o momento do parto. Paralelo a isso, o novo Centro Obstétrico está adequado ao Projeto nacional ‘Parto Adequado’, criado pelo Hospital Albert Einstein e Institute for Healthcare Improvement (IHI), com apoio do com apoio da ANS e Ministério da Saúde, no qual o Hospital Tacchini é o único na região da Serra a participar.

Conforme a médica Liane Xavier Domingues, que coordena o Processo Materno Infantil no Hospital Tacchini, o projeto prevê melhorias na assistência obstétrica através da formação e qualificação das equipes envolvidas. “A ideia é tornar a assistência ao parto cada vez mais humanizada, garantindo a segurança do parto para a mãe e para o bebê com adoção de protocolos baseados nas melhores evidências científicas. “Seguidamente realizaremos cursos de gestantes, de forma a preparar a paciente para o nascimento de seu filho, desde o esclarecimento de dúvidas, mitos e verdade, bem como orientações para que desenvolvam seu plano de parto com tranquilidade”, relata a doutora Liane, lembrando que todos os desejos da futura mamãe serão comunicados à equipe, para que sejam respeitados dentro dos limites de segurança.

Pioneirismo do Hospital Tacchini

Dos cerca de 7 mil hospitais existentes no país, o Tacchini integra o seleto grupo de 127 instituições que aderiram ao projeto Parto Adequado. No Estado, existem outros 5 hospitais que participam, sendo que na Serra Gaúcha o Tacchini é pioneiro. Criado pelo Ministério da Saúde e conduzido no país pelo Hospital Albert Einstein, numa parceria com o Institute for Healthcare Improvement (IHI), o Projeto tem por objetivo reduzir o número de cesarianas e de internações em UTI’s Neonatais, promovendo melhorias na assistência obstétrica, permitindo o empoderamento da paciente/gestante no momento do parto. “Recentemente fomos elogiados pela organização do projeto no Hospital Albert Einstein ao mostrar o quanto nosso Hospital está preocupado em oferecer melhor qualidade e assistência à paciente obstétrica” avalia o Superintendente Executivo, Hilton Mancio. Ele lembra o empenho de todos os envolvidos em mudar a atual realidade brasileira, onde mais de 80% dos partos são através de cesarianas, enquanto em países mais desenvolvidos este índice chega a 15%.

O Novo Centro Obstétrico do Hospital Tacchini

Iniciada em fevereiro, a reforma do Centro Obstétrico integrou a última parte de implantação do Projeto Parto Adequado no Tacchini. “É um pacote de mudanças que envolveu médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e, principalmente, as futuras mamães”, explica a médica gestora, citando a necessidade de um amplo trabalho de conscientização e educação para a comunidade.

O novo Centro Obstétrico do Hospital Tacchini conta agora com uma estrutura composta por:

5 quartos PPP (pré-parto, parto e pós-parto), com banheiro, iluminação natural e personalizada, sendo um com banheira;

– Sala de acolhimento;

– Consultório;

– Sala de Ecografia;

– 2 Salas Cirúrgicas;

– Sala de Recuperação anestésica;

 

Sobre o autor

Ranieri Moriggi

Ranieri Moriggi

geral3@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário