Política

Aido José Bertuol deixa o PMDB após quatro décadas

Cleunice Pellenz
Escrito por Cleunice Pellenz

Os primeiros sintomas pós convenção do diretório municipal do PMDB foram sentidos nesta semana. Como havia prometido em discurso após a reeleição do presidente César Gabardo, o ex-prefeito Aido José Bertuol, 62 anos, deixou as fileiras do partido após 46 de filiação. Ele assinou ficha no PSDB na tarde desta sexta-feira, 25 de setembro.

A decisão de Bertuol pegou muitos peemedebistas de surpresa. O ex-prefeito informou sua desfiliação ao presidente Gabardo somente na manhã de sexta-feira e, algumas horas depois, já assinava ficha no partido tucano. “Tenho uma identificação muito grande com as ideologias do PSDB e, devido à postura da atual executiva do PMDB, entendi que era hora de buscar novos ares”, salienta Bertuol.

O ex-prefeito evita falar em candidatura, sinalizando que a ideia é fortalecer a base partidária do PSDB em Bento Gonçalves. Além disso, Bertuol destaca que torce pela manutenção da união entre PP e PMDB, pois acredita que o município só tem a ganhar com esta coligação. “Estou pensando no que é melhor para a cidade neste momento. Ainda é muito cedo para falarmos em qualquer tipo de candidatura, mas entro no PSDB para tornar o partido mais forte na cidade”, finaliza.

Leia mais na edição impressa do Jornal Semanário deste sábado, 26 de setembro.

Sobre o autor

Cleunice Pellenz

Cleunice Pellenz

geral5@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário