Instituição de ensino e província de Trento disponibilizam auxílio em graduação e mestrado e oferecem oportunidade de intercâmbio

Para promover o intercâmbio cultural e aproximar a cultura de Trento dos descendentes de trentinos brasileiros, a Universidade de Trento oferece bolsas de estudo de graduação e mestrado. Além disso, também está disponível um programa de intercâmbio.
Em Bento Gonçalves, a iniciativa está sendo divulgada por meio do Circolo Trentino. De acordo com o vice-presidente da instituição, Sandro Giordani, a iniciativa é muito importante, na medida em que muitos jovens não tem condições de retornar às
origens de suas famílias, e isso possibilita essa interação. “Com certeza, quem participa volta para cá com algo a mais. Pessoalmente, fui visitar a família Giordani e trouxe novidades para acrescentar no meu trabalho”, compara. No ano passado, um jovem bento-gonçalvense foi selecionado para o programa de intercâmbio.
Giordani também salienta que os bento-gonçalvenses descendentes de trentinos podem se sentirem em casa na a região da Itália, caso sejam contemplados com uma bolsa ou o intercâmbio. “Eles têm vocação turística muito forte com uva e vinho, como aqui, então o pessoal vai se identificar muito”, prevê.
O Circolo Trentino de Bento Gonçalves está vinculado com uma instituição italiana que congrega instituições de trentinos no mundo. De acordo com Giordani, com frequência são feitas parcerias e trocas culturais. “Essa é uma excelente oportunidade porque tem ajuda de custo da província. Também é oferecido o curso de italiano para as pessoas que não sabem a língua”, explica.

Graduação e mestrado

Serão oferecidas duas bolsas para graduação e três para mestrado, com os seguintes requisitos básicos:

1) Provar a descendência trentina (formulário a preencher com os dados do antepassado);
2) Ter, no máximo, 28 anos até a data limite do pedido (20/03/2019);
3) Possuir o título necessário à admissão do concurso (diploma de graduação para o mestrado e diploma de ensino médio mais um ano de faculdade para cursos de graduação);
Observações: Para quem está aguardando o diploma é possível se inscrever desde que o mesmo seja entregue até 30/06/2019. O formato europeu de currículo pode ser consultado em europass.cedefop.europa.eu.
Mais informações podem ser obtidas através do email [email protected]

 

Documentos necessários para a inscrição

1) Cópia do passaporte.

2) Certificado de conclusão do ensino médio (para os cursos de graduação).

3) Um texto de 3000 caracteres (espaços inclusos) em inglês ou italiano para justificar a escolha do curso pretendido;

4) Diploma de graduação, histórico acadêmico e ementas (para mestrado).

5) Bolsas da Provincia autonoma di Trento pra descendentes de Trentino que querem estudar na Universidade de Trento: http://www.mondotrentino.net/primo_piano/pagina190.html.

6) Atestado de que foi admitido para O processo seletivo pela faculdade ou validação do diploma para frequentar o curso (podem ser solicitados por email à Universidade de Trento, na respectiva secretaria/departamento do curso pretendido).

 

Intercâmbio

Podem concorrer ao Programa jovens de origem trentina residentes no Brasil ou outros países e jovens residentes no Trentino. Quem quer participar, precisa ter entre 18 e 35 anos e cumprir com alguns requisitos. O período de inscrição vai até 28 de fevereiro.

Critérios de acolhida

Será dada atenção para assegurar uma presença homogênea dos jovens oriundos trentinos e dos jovens residentes no Trentino, entre os países e dentro dos próprios países e, respectivamente, do território provincial. Serão admitidos 44 descendentes, sendo 22 estrangeiros e 22 trentinos. O resultado deve ser publicado até o dia 1º de março, no site mondotrentino.net.
Mais informações podem ser obtidas através do email [email protected]