Uma operação da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) desencadeada na manhã desta sexta-feira, 31, no Presídio Estadual de Bento Gonçalves, apreendeu diversos aparelhos celulares, eletrônicos e materiais cortantes das celas que foram revistas pelas equipes. Além disso, os agentes estavam em busca de possível artefato explosivo, conforme denúncia via redes sociais. A denúncia não foi confirmada.

Após a ação, foram retirados os seguintes materiais ilícitos: 64 celulares, 14 estoques, 47 baterias, dois carregadores e dois pendrives.

Intitulada como “Operação Pente Fino 24”,  o trabalho contou com a participação de 22 agentes do Grupo de Ações Especiais da Susepe (Gaes), 30 agentes do Presídio de Bento Gonçalves, integrantes do setor operacional do Departamento de Segurança e Execução Penal, além de integrantes da 7ª Delegacia Penitenciária Regional e da Divisão de Inteligência Penitenciária. Guarnições da Brigada Militar, Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também estiveram colaborando com a operação.

De acordo com a Susepe, após a ação, foram retirados 64 celulares, 14 estoques, 47 baterias, dois carregadores e dois pendrives.