Depois de 300 horas de aprendizado, os alunos do curso de confeiteiro do Senac finalizaram as aulas em grande estilo, com apresentação de seus trabalhos a uma exigente banca de avaliadores. E, agora estão com a vida muito mais doce, pois com este novo diploma os alunos poderão entrar no mercado de trabalho mais qualificados para suprir as exigências da alta confeitaria. No novo formato do curso as aulas estão mais completas, pois essa é a primeira turma que finaliza sua formação com esta nova carga horária de 300h. Com o curso mais extenso puderam dedicar mais tempo para o aprendizado de novas técnicas bem como seu aperfeiçoamento. Além disso, o curso prevê ainda o desenvolvimento de um trabalho de conclusão, onde os alunos preparam um menu completo recheado de sabor, cor e textura.

A turma foi orientada pelo professor Edivan Woithoski, e avaliada por uma banca composta por docentes, profissionais da área e empresários do setor.