O preço da gasolina continua caindo nos postos de combustíveis de Bento Gonçalves. Na segunda-feira, 18, constatamos que o valor do litro da gasolina a R$ 2,699 em dois postos da cidade mostra que é possível abastecer o carro a menos de R$ 3 o litro. Percorrendo a maioria dos postos do município, é possível encontrar o principal combustível utilizado pelos consumidores a incríveis R$ 3,04.
Porém, a iniciativa de um empresário vindo de Caxias do Sul parece ter mudado o que era via de regra em Bento Gonçalves. Em um estabelecimento pequeno, mas com muito movimento, ele varia o preço da gasolina comum entre R$ 2,69 e R$ 2,79 há pelo menos três meses. Para alguns a tática seria suicida, porém, com o número de veículos indo abastecer no estabelecimento aumentando consideravelmente, outros proprietários resolveram adotar a mesma estratégia.
Um dos postos de combustíveis, que estava cobrando R$ 3,039 até semana passada, apareceu com faixas na segunda-feira cobrando os R$ 2,79, até então impossíveis de serem alcançados. Conversamos com o gerente do posto próximo à rodoviária e ele foi categórico: “Na guerra do combustível, seremos sempre o campeão dos preços baixos”. O estabelecimento entrou em funcionamento no mês de junho. Com menos de seis meses de atividade, está conquistando fregueses e aumentou sua clientela em 30% por conta da redução. A ideia é ganhar na quantidade.
Mas afinal, como um posto de gasolina pode vender a gasolina bem mais barata que o outro? Isso segue sendo um mistério. Alguns alegam que é a redução da margem de lucro, outros é que há um desconto conquistado direto com a distribuidora. Há quem diga que a logísitica da entrega de combustível também influencie. Mas então, como explicar que, em Bento Gonçalves, três postos de combustíveis, com a mesma bandeira e, estando a menos de um quilômetro de distância um do outro, tenham preços com R$ 0,30 de diferença? A situação é, no mínimo, estranha. Cabe ao consumidor procurar alternativas e começar a abastecer nos locais que vendem gasolina mais barata, a fim de fazer o preço vir mais para baixo.