Encontro que marca a celebração do 105º aniversário da entidade ocorre dia 29 de julho

Ao longo dos 105 anos de trajetória, o Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves (CIC-BG) colecionou avanços que marcaram, para sempre, o desenvolvimento da cidade. E, até hoje, continuam contribuindo para a expansão do crescimento econômico de Bento Gonçalves. Uma pequena parte do rol dessas conquistas será compartilhada com o público no dia 29 de julho no Salão de Eventos da entidade. A programação inicia às 8h, com café da manhã, seguida pelo painel, às 8h30min.

Em um encontro com a intermediação do jornalista Gerson Lenhard, o atual presidente do CIC-BG, Elton Paulo Gialdi, receberá três empresários que já presidiram a entidade – Eurico Benedetti, Sérgio Dalla Costa e Jordano Zanesco – para, juntos, relembrarem fatos marcantes da secular caminhada da entidade, além de vislumbrarem projetos para o futuro do CIC-BG.

O painel com os quatro empresários está marcado para às 8h, com entrada gratuita. As inscrições, limitadas, devem ser confirmadas pelo telefone (54) 2105.1999 ou pelo e-mail [email protected]

Sobre os painelistas
Desde 2018 na presidência do CIC-BG, Elton Paulo Gialdi encaminha o final do seu mandato com a alegria de ter operado, neste ano, a volta da Festa Nacional do Vinho (Fenavinho), que não era realizada há oito anos. Outra marca forte de sua gestão é o trabalho de sensibilização para o envolvimento da classe empresarial com a política, além da incansável busca pela melhoria da infraestrutura regional. “Todo brasileiro acumula desilusões com os governos, mas é preciso entender que, mesmo com as decepções, é a partir de nosso trabalho de mobilização como sociedade organizada que obtemos conquistas. E todas elas passam pela política, então precisamos nos envolver com ela, pois a omissão, como sabemos, é pior, além de não trazer conquista alguma”, pondera Gialdi.

Entre os três ex-presidentes convidados para o encontro, o único que comandou a casa antes da virada do século 20 para 21 é Eurico Benedetti. Foi no finalzinho dos anos 1990 que o empresário dirigiu o CIC-BG. Da sua gestão, entre 1998 e 1999, gosta de destacar a atuação para privatizar a administração do Parque de Eventos, que passou a ser gerida pela Fundaparque. Também foi em sua administração que o “Serviços” passou a ser incorporado no nome oficial do CIC-BG.

Já Sérgio Dalla Costa, dirigente da entidade entre os anos 2004 e 2005, lembra da manifestação contra a alta carga tributária, que reuniu mais de 3 mil pessoas em frente à prefeitura de Bento Gonçalves. Além disso, cita a criação do evento “Gaúchos por Excelência”, a fim de despertar a excelência empresarial, e a atuação para legalizar juridicamente a ExpoBento como destaques de sua diretoria.

Mais recentemente, entre os anos 2012 e 2013, Jordano Zanesco atuou na profissionalização do sistema de gestão da entidade, para os investimentos que viriam a ser concretizados. Também destaca o serviço da Central de Demandas, que uniu ainda mais o CIC-BG e entidades a fim de buscar maior representatividade nas esferas púbicas do poder, além do trabalho focado de sua diretoria no direcionamento à construção da sede do CIC-BG, inaugurada em 2017.

Fonte: Exata Comunicação