O salão de eventos do CIC/BG foi vestido de rosa para anunciar a forte causa da reunião-almoço ocorrida nesta quinta-feira, 25 : a conscientização do câncer de mama. O projeto “De peito aberto”, lançado no evento, foi criado para beneficiar o Imama Unidade Bento Gonçalves e alertar sobre a doença. O almoço reuniu 80 pessoas e destinou R$ 20 de cada ingresso para o Imama, entidade que atua em 21 municípios da Serra Gaúcha. A comunidade acolheu o projeto, conheceu o calendário oficial de eventos (em anexo) e escutou, atenta, as observações da Dra. Cídia Mazzoccato, que respondeu 11 perguntas mais frequentes sobre a doença. Além de ser lançado em Bento Gonçalves, o projeto conta com ações programadas em Carlos Barbosa, Farroupilha e Flores da Cunha.

“De peito aberto” irá inserir o assunto câncer de mama em rodas de conversa e no cotidiano das pessoas, desmistificando o tema. Até agora, mais de 20 empresas e entidades confirmaram participação nas atividades e conta com o apoio da madrinha do projeto, a jornalista Rosane Marchetti, que enviou seu recado para o público, via vídeo. Além do papel social, outro importante intuito do programa é auxiliar o Imama BG. A entidade passa por situação financeira difícil: no ano em que completa dez anos de atuação, o Imama/BG se sente ameaçado e pode encerrar as atividades. A coordenadora do Imama BG, Andressa Ben, apresentou a entidade e os problemas que enfrenta para seguir prestando atendimento as mais de 320 mulheres que procuraram a entidade em 2012. “Não podemos virar as costas para nossas mulheres. Precisamos do apoio de todos vocês, que acolham a ideia de ‘peito aberto’”, pediu Andressa.

Atividades como palestras em empresas, escolas e entidades, desfiles de moda em chão de fábrica, caminhadas, teatro, show ao ar livre, vitrines temáticas, debates, almoços e jantares beneficentes e muitas outras atividades fazem parte da programação, integrando entidades e empresas de Bento Gonçalves e região que abraçam a causa. Assim, o projeto atua com braços em diversos setores levando informação e senso de importância para toda a família e demais grupos sociais. Para o presidente do CIC/BG, Jordano Zanesco, apoiar o projeto é fator de orgulho para a entidade. “Estamos nos encontrando hoje sem ser por motivos empresariais: é por uma boa causa social. Vamos falar de saúde e não de doença, nos prevenir e ajudar a campanha”, alertou o presidente. O projeto é idealizado pela Hering Store de Bento Gonçalves.

Entre as 11 perguntas respondidas pela mastologista Cídia Mazzocato, estiveram apontamentos sobre fatores de risco, prevenção, tratamento e cura da doença, que pode chegar a 95% quando diagnosticada precocemente. A doutora alertou para a importância dos bons hábitos de saúde como alimentação, exercício físico e consumo moderado de álcool e orientou as pacientes a fazer a mamografia anualmente acima dos 40 anos. “A mulher é a peça fundamental dos lares, cuida de tudo e todos ao mesmo tempo. É preciso que ela se examine, atente para seu corpo e procure atendimento médico quando surgir algo diferente na mama”, ensinou.

O Rio Grande do Sul é o segundo estado brasileiro com maior incidência per capita de câncer de mama e primeiro em morte, segundo estimativas do Instituto Nacional de Câncer (INCA). O levantamento projeta no Estado 81 casos, para cada 100 mil mulheres, no decorrer de 2012. Para cada 100 mulheres diagnosticadas, um homem desenvolve o câncer de mama. Porto Alegre, entre as capitais brasileiras, segue líder desse ranking, com números elevados e a expectativa de que some 125 novos casos a cada 100 mil mulheres, no período. E esta realidade está relacionada ao comportamento cultural de sua população, especialmente das mulheres, que não realizam consultas periódicas, nem conhecem o próprio corpo.

Interessados em fazer parte do projeto podem procurar o Imama/BG pelo telefone (54) 3453.7546 ou [email protected]