Cultura

VOX 2018: momento de mostrar seu talento

Cleunice Pellenz
Escrito por Cleunice Pellenz

Inscrições para o Festival Bento-gonçalvense de Música Infanto-Juvenil (VOX 2018) seguem até o dia 30 de junho; candidatos devem ter entre nove e 15 anos

A música está presente no dia a dia de muitas pessoas e nas mais diversas formas, seja para entretenimento, relaxamento ou celebrações. Independente do estilo musical, a música tem influência na vida de cada um e muitas vezes os indivíduos nem percebem o quanto são beneficiados. Quem nunca ouviu uma canção para se animar ou praticar um exercício? Os benefícios da música vão além de um simples hobby, ela é capaz de trabalhar diversas áreas do cérebro e ativar conexões, aliviando o estresse, aumentando a concentração, reduzindo dores, entre outros.
Além dos benefícios de ouvir música, cantar também faz muito bem para a saúde. Ela relaxa e alivia a ansiedade, ajuda a soltar as emoções e diminuir a timidez, turbina a autoestima, auxilia na respiração correta e na melhora da postura.

Já que a música tem tantos benefícios, que tal praticá-la, melhorar a sua vida e ainda participar de festivais? Uma das opções é a pré-edição do VOX 2018 – Festival Bento-gonçalvense de Música Infanto-juvenil, promovido pela Rádio Rainha FM 90.9, em parceria com a Arts Fortes e o Sesc de Bento. A atividade ocorrerá entre os meses de agosto e setembro e as inscrições, que estão abertas, seguem até o dia 30 de junho.

Para participar, os candidatos devem ter de nove à 15 anos. É necessário a gravação de um vídeo de até 4 minutos, e enviar para o e-mail vox@jornalsemanario.com.br, juntamente com a ficha de inscrição e a documentação exigida, seguindo regulamento que está disponível no site www.jornalsemanario.com.br. O vencedor ganha uma viagem com acompanhante para o Bento Carrero World, prêmio da Giordani Turismo, e o Talento Popular ganha uma hospedagem com os pais no Complexo Villa Michelon, no Vale dos Vinhedos.

Festivais deste porte são de suma importância para o desenvolvimento de crianças e adolescentes, e até mesmo dos adultos. “Primeiramente ele incentiva a cultura, que está desleixada no nosso país, e outro fator é de que influencia crianças que ainda não haviam tido uma oportunidade de crescer dentro da área da música”, explica o jurado Matheus Hartmann. Segundo ele, a música auxilia em vários aspectos, dentre eles a capacidade de concentração, o respeito entre os colegas e amigos. “A criança que pratica este tipo de arte se torna ‘diferenciada’, pois será mais culta, mais inteligente e mais prestativa que as demais que ela convive diariamente”, explica.

Interpretar o que gosta e, acima de tudo, ser espontâneo, é uma das dicas de Hartmann para cantar no festival. “Cantem com vontade, como diria meu grande amigo Celso Fortes, cantem como cantam no chuveiro, sem medo de serem ouvidas”, salienta.

O jurado ainda deseja sorte a todos os inscritos. “Tenho certeza que será uma incrível experiência para todos”, finaliza.

Sobre o autor

Cleunice Pellenz

Cleunice Pellenz

geral5@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário