Geral

Vereadores protocolam pedido de abertura de CPI das “Fake News” na Câmara em Bento

Da Redação
Escrito por Da Redação

Quinze vereadores de Bento Gonçalves assinaram requerimento para a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), visando apurar a utilização da estrutura funcional do Poder Legislativo para criação e manutenção de usuários falsos em redes sociais e propagação de notícias inverídicas.

O documento, protocolado na tarde desta segunda-feira, 13, aponta imagens que denunciam o vereador Moacir Camerini (PDT) utilizando seus assessores parlamentares, empregados na Câmara de Bento Gonçalves, na época dos fatos, para criar e fomentar perfis fakes nas redes sociais. O documento aponta que o pedetista seria responsável em disseminar conteúdos falsos, imagens, vídeos e toda a espécie de comentários caluniosos, injuriosos e difamatórios acerca de acontecimentos relevantes em Bento Gonçalves, bem como de autoridades e demais vereadores.

O pedido de abertura da CPI aponta ainda que Camerini fazia a disseminação de conteúdos inverídicos. Da solicitação de abertura, apenas os vereadores Agostinho Petroli (MDB) e o próprio Camerini não assinaram.

Nesta segunda-feira, estava prevista para entrar em pauta, a votação que julgava a suspensão do vereador Camerini. No entanto, uma decisão judicial obrigou que o processo fosse retirado da pauta, anulando a atuação da Comissão de Ética da Câmara, que encaminhou a denúncia.

Sobre o autor

Da Redação

Da Redação

redacao@jornalsemanario.com.br

1 Comentário

Deixe um comentário