Política

Vereador colhe assinaturas para abertura de CPI dos médicos em Bento

Ranieri Moriggi
Escrito por Ranieri Moriggi

O vereador Moacir Camerini (PDT) utilizou a tribuna da Câmara de Vereadores de Bento Gonçalves para anunciar o recolhimento de assinaturas dos vereadores para abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), a fim de apurar  denúncias envolvendo a empresa terceirizada que, atualmente, é a responsável pela gestão da Saúde no município, a Athena Serviços Médicos. O protocolo pedindo a abertura do processo deverá ser feito nesta sexta-feira, 1º de março, às 14h, na Câmara de Bento Gonçalves.

Durante audiência da Frente Parlamentar da Saúde, realizada no dia 26 de fevereiro, foi divulgado um áudio de uma reunião interna de um grupo de médicos, que  pontuava possíveis problemas na gestão de saúde, entre eles, a falta de suporte a plantonistas, a não exigência de capacidade técnica dos profissionais e desentendimentos entre as equipes que atuam na rede pública.

Conforme Camerini, em outro momento do áudio, o próprio responsável da empresa admite que o contrato com a prefeitura de Bento Gonçalves não exige que os médicos sejam, por exemplo, pediatras ou intervencionistas: “É só preencher a vaga”, diz. O áudio também demonstra um suposto favorecimento a uma das contratadas, que teria aval do secretário e do prefeito em sua indicação e para garantir liberdade de horários no exercício de suas atividades.

Por ter sido citado, o líder de governo, Anderson Zanela (PSD), informou que as pessoas envolvidas no áudio foram demitidas ainda no ano passado.

O material já foi remetido ao Ministério Público Estadual e Federal. Além de Camerini, até o momento assinaram o pedido de abertura da CPI, os vereadores Agostinho Petroli, Idasir dos Santos e Elvio de Lima (MDB), Marcos Barbosa (PRB), Moisés Scussel (PSDB), Gustavo Sperotto (DEM).

 

Sobre o autor

Ranieri Moriggi

Ranieri Moriggi

geral3@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário