Geral

Vacinação contra febre aftosa vai até o final de novembro

Ranieri Moriggi
Escrito por Ranieri Moriggi

Segue até o dia 30 de novembro, a segunda etapa da vacinação contra a febre aftosa no Rio Grande do Sul. Em todo o estado devem ser imunizados cinco milhões de bovinos e bubalinos, de zero a 24 meses de idade.

De acordo com a secretaria estadual da Agricultura, Pecuária e Irrigação, a meta é ultrapassar os 90% de cobertura vacinal. A primeira etapa, em maio, teve alcance de 98,92% do rebanho.

Meta é ultrapassar os 90% de cobertura vacinal. Foto: Reprodução

Segundo o diretor de Defesa Agropecuária da Seapi, Antônio Carlos Ferreira Neto, os produtores devem adquirir as doses necessárias para a vacinação em casas agropecuárias credenciadas. “Os produtores devem comprovar a vacinação por meio da apresentação da nota fiscal de compra e da declaração da quantidade de animais vacinados, por categoria, nas Inspetorias de Defesa Agropecuária”, destaca. O prazo máximo para a comprovação é de cinco dias úteis após o término da etapa.

Além de alcançar quase 100% de cobertura vacinal em todo o estado, a Coordenação Estadual do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa da Seapi (Pnefa RS) tem como objetivo a manutenção da condição sanitária de zona livre da doença, por meio de estratégias preventivas contra o reingresso do vírus e a infecção dos animais suscetíveis.

Sobre o autor

Ranieri Moriggi

Ranieri Moriggi

geral3@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário