Cultura

Tradicionalismo é tema de mostra na Fundação Casa das Artes

Da Redação
Escrito por Da Redação

Exposição “Coisas Do Meu Pago”, do artista plástico Anilto dos Santo Caureo, abre nesta segunda

Homenageando os Festejos Farroupilhas 2018, a Fundação Casa das Artes sedia a partir desta segunda-feira, 10, a mostra “Coisas Do Meu Pago”, do artista plástico Anilto dos Santos Caureo. Natural de Palmeira das Missões, Caureo retrata em suas obras a cultura gaúcha, suas matas, seus pampas, as cavalgadas, seu povo e costumes, no estilo abstrato e/ou realístico. As molduras são confeccionadas pelo próprio artista, a partir de madeira de demolição e árvores secas, evidenciando e contextualizando a ligação orgânica do tema.

O artista desenha e faz quadros com pintura a óleo lápis e carvão. Sua veia artística despertou na infância. No entanto, não possuía tintas. Assim, sua mãe teve a ideia de ferver raízes das plantas nativas da região e as transformava em material para que usasse em seus desenhos. De lá para cá, o menino cresceu e transformou seu amor pelo tradicionalismo em arte, onde projeta cenas poéticas da vida do campo.

Além de “Coisas Do Meu Pago”, Caureo realizou a exposição “Chama Que Não Se Apaga”, em 2015, em diversos municípios e entidades do Rio Grande do Sul.

Serviço

O que: Coisas Do Meu Pago, de Anilto dos Santos Caureo

Quando: 10 a 30 de sstembro

Horário: 8h às 11h45 e das 13h30 às 17h45

Onde: Fundação Casa das Artes – Rua Herny Hugo Dreher, 127, bairro Planalto

Entrada gratuita

Fonte: Assessoria de Comunicação Social
Foto: Divulgação/SECULT/Fundação Casa das Artes

Sobre o autor

Da Redação

Da Redação

redacao@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário