Caderno S

Sinára Bonatto

Caroline Pandolfo
Escrito por Caroline Pandolfo

Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas” (Antonie Saint-Exupéry)

Ela é autêntica, responsável e comprometida. Natural de Caxias do Sul, a filha de Vily Bonatto e Adis Meneguzzi Bonatto, Sinára Bonatto, é uma pessoa apaixonada pela vida e, acima de tudo, pela família. “Tive uma infância simples, mas cercada de amor e cuidados. Guardo na lembrança todo o esforço e dedicação de meus pais para que nada faltasse aos filhos, bem como, tenho presente na memória a figura amorosa dos meus queridos avós, com os quais convivi e morei até os 15 anos”, diz.
Sinara cursou do pré a 8ª série no Colégio Sagrado Coração de Jesus. “Tive o prazer e a felicidade de fazer toda a formação ao lado de Irmãs e educadores que marcaram minha trajetória estudantil pela sua postura e seu exemplo”, conta. A partir daí, deu sequência aos estudos, completou o Magistério e logo em seguida, retornou à escola, não mais como aluna, mas sim como educadora.

Neste meio tempo nasceu sua filha, Maiara. “Sem dúvida, o momento mais feliz e marcante em minha vida, pois a partir deste dia, realmente tive a dimensão do que representa a palavra amor. Ser mãe foi e continua sendo uma bênção em minha vida”, revela.

A fim de complementar a formação acadêmica, Sinara ingressou na Faculdade, na qual formou-se em Pedagogia. Além disso, realizou dois cursos de pós-graduação, ambos voltados para a área de Administração, Orientação e Supervisão Escolar. Após um longo tempo em sala de aula, atualmente exerce a função de Coordenadora Pedagógica no Colégio Sagrado Coração de Jesus.
Mãe zelosa, Sinara revela o momento mais difícil em sua vida.

“Dizem que criamos os filhos para o mundo. Nunca duvidei disso e por este motivo, sempre incentivei minha filha para que tivesse autonomia, determinação e que nunca deixasse de correr atrás de seus sonhos. E ela sempre me escutou, tanto que aos 21 anos realizou um intercâmbio durante o período de um ano. Só que a vontade de alçar voos maiores continuou fazendo parte de sua vida e desde agosto do ano passado, ela traçou novas metas e foi em busca de seus sonhos, voltando a morar na Inglaterra. Se estou feliz? Muito! E orgulhosa também, mas com certeza, deixá-la partir, agora em definitivo, foi para mim o momento mais difícil”, afirma.

Para finalizar a profissional fala sobre como quer ser lembrada: Como alguém que deixou marcas positivas pelo caráter, pela afetividade e pelo amor ao ato de educar.

Foto: Miguel Bregagnol

Sobre o autor

Caroline Pandolfo

Caroline Pandolfo

Um mundo de descobertas. Assim considero minha trajetória como colunista do Jornal Semanário, a qual tenho muito orgulho! Aqui compartilho um novo espaço do Caderno S, a Coluna Detalhes, onde destaco experiências únicas, pessoas especiais, trabalhos que fazem a diferença e muito mais.
social@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário