Empresas

Setor Moveleiro: Ministério do Trabalho homologa Convenção

Ranieri Moriggi
Escrito por Ranieri Moriggi

Após entendimento entre Sindmóveis e Sitracom, entidades representantes das categorias, parâmetros passam a vigorar no biênio 2018-2019

O Ministério do Trabalho homologou na sexta-feira, 23, a Convenção Coletiva de Trabalho, referente o biênio 2018-2019, referente às empresas do setor moveleiro do polo de Bento Gonçalves, incluindo, além da Capital do Vinho, as indústrias dos municípios de Monte Belo do Sul, Pinto Bandeira e Santa Tereza. O acordo resultou num reajuste de 1,87%, referente ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor – INPC do período.

Conforme as tratativas, entre outras determinações, foram definidos os pisos salariais e benefícios ao trabalhador para os próximos dois anos. Com a convenção, o salário admissional da categoria para o período de experiência de 60 dias, passa a ser de R$ 1.269,20. O salário intermediário é de R$ 1.303,20 e, a partir de seis meses de empresa, o empregado passa a receber R$ 1.472,70.

De acordo com o presidente do Sindmóveis, Edson Pelicioli, a negociação entre os sindicatos foi extensa e que ambos continuarão trabalhando para a modernização das relações de trabalho, em que empresas e empregados construam um ambiente de crescimento mútuo e contínuo. “A melhor alternativa neste momento de incerteza com relação à economia e alterações promovidas pela Reforma Trabalhista foi a manutenção das cláusulas da convenção anterior, o que traz mais segurança jurídica às relações de trabalho”, afirma.

Foto: Jeferson Soldi

 

 

Sobre o autor

Ranieri Moriggi

Ranieri Moriggi

geral3@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário