Saúde

Setembro Dourado conscientiza bento-gonçalvenses sobre câncer infantil

Da Redação
Escrito por Da Redação

Grupo de voluntários realizará ações de sensibilização sobre a doença ao longo do mês

A principal causa de morte por doença em crianças e adolescentes de 1 a 19 anos é o câncer, segundo informa o Instituto Nacional de Câncer (Inca). Essa enfermidade não é, ainda, passível de prevenção – mas seus pacientes têm chances de cura consideravelmente melhores quando o diagnóstico ocorre precocemente. Alertar a população acerca da relevância dessa informação é o objetivo da primeira edição da Caminhada Pela Vida, ação que integra a programação do Setembro Dourado – mês de conscientização sobre o câncer infantil.

A iniciativa é uma mobilização do Centro Espírita Nossa Casa com o apoio de um grupo de voluntários e está agendada para o dia 30 de setembro (domingo), com saída às 9h, da sede da entidade (rua Mário Italvino Poletto, 235, próximo ao Colégio Landell).

Além dessa, outras atividades de sensibilização ocorrerão, no decorrer do mês, junto a entidades setoriais, escolas e empresas. Nesse circuito, a proposta é colocar o assunto do câncer infantil em pauta – com o objetivo claro de alertar pais e educadores para a detecção precoce da doença e, também, disseminar orientações sobre como proceder e onde buscar auxilio nos casos de diagnóstico. Esse é o sexto ano que o Centro Espírita Nossa Casa promove ações de conscientização acerca da causa.

No Rio Grande do Sul são sete os centros especializados no tratamento de crianças com câncer, distribuídos em apenas quatro municípios: Passo Fundo, Caxias do Sul, Santa Maria e Porto Alegre (Hospital Santo Antônio, Hospital da Criança Conceição, Hospital São Lucas da PUC e Hospital de Clínicas). “Em Bento não contamos com atendimento oncológico pediátrico pelo SUS, mas pacientes com convênio tratam no Hospital Tacchini, que tem um grande centro de tratamento oncológico. Existem alguns casos que estão em tratamento – são poucos, mas este número vem crescendo. Índices de cura hoje chegam a 60% de uma forma geral, mas ainda precisamos melhorar muito. Por isso, campanhas como o Setembro Dourado ajudam a diagnosticar mais precocemente o câncer infantil, uma vez que alerta as pessoas sobre a doença e seus principais sinais e sintomas”, ressalta a oncologista pediátrica Ângela Rech Cagol, que também é coordenadora técnica do serviço de Oncologia Pediátrica do Hospital Geral de Caxias do Sul.

O câncer infantil

Um dos sintomas mais comuns para os pais ficarem atentos é o emagrecimento sem causa aparente da criança, isto é, perda de peso mesmo quando o pequeno se alimenta bem. O diagnóstico de câncer infantil é realizado após exames completos, indicando dados como tipo de tumor e a fase em que a doença se encontra – os mais comuns são leucemia, linfoma, câncer nos rins, olhos e ossos ou tumor no cérebro. O tratamento pode incluir cirurgia, radioterapia, quimioterapia ou imunoterapia. Quando o câncer é descoberto cedo, há grandes chances de cura.

Sintomas para ficar atento: febre sem causa aparente por mais de oito dias; nariz ou gengivas com hematomas e sangramentos; dores pelo corpo ou nos ossos que deixam a criança muito indisposta; ínguas indolores com mais de 3 cm; vômito e dor de cabeça constantes por mais de duas semanas, às vezes acompanhados de alteração da marcha ou da visão; sinais de puberdade muito precoce; sangue na urina.

Os interessados em mais informações sobre o projeto ou em colaborar com as ações do Setembro Dourado podem entrar em contato com Susana Lodetti pelo telefone 99974-1704.

 

SERVIÇO

O que: 1ª Caminhada Pela Vida, do Setembro Dourado, conscientização sobre o câncer infantil

Quando: 30 de setembro, às 9h

Onde: saída em frente ao Centro Espírita Nossa Casa (rua Mário Italvino Poletto, 235, Bento Gonçalves).

Quanto: participação gratuita.

Fonte: Exata Comunicação

Sobre o autor

Da Redação

Da Redação

redacao@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário