Esportes

Recopa Sul-Americana: Grêmio enfrenta o Independiente em Avellaneda

Lucas Delgado
Escrito por Lucas Delgado

Na noite desta quarta-feira, 14, o Grêmio dará seu primeiro passo rumo ao terceiro ano com título de expressão. Após a Copa do Brasil e a Libertadores nas últimas duas temporadas, o Tricolor tem a missão de bater o Independiente para conquistar a Recopa Sul-Americana de 2018.

O embate contra o time argentino será repetição da primeira participação tricolor na história da Recopa Sul-Americana. Em 1996, após conquistar a Libertadores no ano anterior, o Grêmio enfrentou a equipe de Avellaneda. Na ocasião, a decisão era apenas em jogo único, foi realizado em Kobe, no Japão, e foi vencido pelos gaúchos por 4×1. Dessa vez, duas partidas serão realizadas. A primeira é na Argentina, no Estádio Libertadores da América, localizado em Avellaneda – na Grande Buenos Aires.

O time comandado por Renato Portaluppi terá alguns problemas para a decisão. O técnico terá de encarar a falta de ritmo de jogo do plantel, já que será apenas o terceiro jogo do time principal nesta temporada de 2018. Além disso, dois dos titulares da temporada passada e que permaneceram no elenco do Grêmio não estão disponíveis para atuação. O volante Ramiro cumpre suspensão de dois jogos – todavia, foi inscrito a fim de completar a punição antes do início da Libertadores deste ano – e Arthur ainda se recupera da lesão sofrida no tornozelo. Ambos sequer viajaram para o local da partida.

Antes do confronto, o atacante Everton – que passou a ser titular após a saída de Fernandinho – afirmou que apesar dos problemas do time de Portaluppi, o Grêmio tem grandes chances de sair de Avellaneda com resultado construído e fez uma avaliação do adversário. “A nossa equipe está acostumada com esse tipo de jogo e com essas adversidades. Por estar jogando em casa, o Independiente, vai vir para cima nos primeiros minutos. A gente vai ter de segurar e controlar bem o jogo”, avaliou o avante.

Assim como o Grêmio, os argentinos sofrem com a ausência de importantes jogadores da temporada passada. Os dois destaques do time na conquista da Sul-Americana sobre o Flamengo saíram da equipe. Nicolás Tagliafico e Ezequiel Barco foram para Ajax (Holanda) e Atlanta United, respectivamente.

Além disso, a equipe jogou apenas cinco partidas nesta temporada, tendo vencido duas, perdido outras duas e conquistado um empate.


Foto: Lucas Uebel, divulgação.

Sobre o autor

Lucas Delgado

Lucas Delgado

esporte@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário