Geral

Recanto Santo Antônio fica mais completo

Hoje, 13 de junho, é comemorado o Dia de Santo Antônio, padroeiro do município. Este é considerado um dos santos mais populares entre os brasileiros e é conhecido por ser o “Santo Casamenteiro”. Durante a programação festiva, a artista plástica caxiense, Daniela Antunes, inaugura suas obras no Recanto Santo Antônio. O local, que já era um ponto de encontro de muita fé e oração, fica ainda mais especial com as imagens permanentes da trezena e uma escultura do santo.

De acordo com Daniela, a escultura foi toda modelada à mão, em cerâmica terracota, com 1m90 (1m65 da escultura mais a base). “Foram quatro meses de intenso trabalho, onde me dediquei integralmente para as obras”, explica. A obra foi feita especialmente para o Santuário de Santo Antônio, com inspiração na vida do padroeiro do município. “Foram feitas pesquisas sobre ele, tanto em questões de religiosidade como os simbolismos”, avalia a artista.

Segundo ela, este trabalho representa uma oportunidade de fixar e mostrar a arte em cerâmica na região da Serra Gaúcha. “Observando a vida e obra de Brennand (escultor ceramista pernambucano), tenho visto que no Sul do Brasil temos poucas informações sobre a escultura em cerâmica. Muitas pessoas não tem conhecimentos sobre essa técnica tão milenar e nobre. Espero que a partir deste trabalho seja aberto mais as portas para a cerâmica aqui na Serra Gaúcha”, ressalta. Segundo ela, a intenção é resgatar a importância da cerâmica como obra e monumento.
De acordo com o padre, Ricardo Fontana, as obras completam a Via Antoniana, o caminho em que é feita a trezena de Santo Antônio, inaugurado no ano passado. “Em cada pórtico será fixada uma destas esculturas, conforme o tema, como, por exemplo, Santo Antônio e a Eternidade, a obra será referente a este assunto”, relata.

Quem passar pela via poderá conferir as obras e rezar a trezena e, ao final, poderá verificar, ao lado da gruta de Nossa Senhora terá a escultura de Santo Antônio – as principais devoções do Santuário. “As pessoas poderão fazer a sua via-sacra não somente nas proximidades da Festa de Santo Antônio, mas quando quiserem. Desta forma, rezam a trezena, passam pelo espelho d’água que recorda o sacramento do batismo e a eucaristia e finaliza com a imagem do Santo, na gruta, junto à outra santa”, salienta.

O ponto ficará ainda mais completo e especial. “A Via foi feita exatamente para meditar, orar. É um local com uma energia muito boa para pensarmos em atitudes”, finaliza.

Sobre o autor

Cleunice Pellenz

Cleunice Pellenz

geral5@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário