Saúde

Projeto ‘Intestino Gigante’ do Hospital Tacchini oferece exames gratuitos para rastreamento de doenças do intestino

Da Redação
Escrito por Da Redação

Até o próximo domingo, 17, o Hospital Tacchini continua a receber os visitantes da ExpoBento possibilitando conhecer o projeto ‘Intestino Gigante’, desenvolvido pelo Instituto Tacchini de Pesquisa em Saúde (ITPS) em parceria com o Instituto do Câncer e com o propósito de conscientizar a todos para a importância da realização de exames preventivos e mostrar que esse hábito pode evitar quase 100% dos casos de câncer de intestino.

Ao entrar na estrutura montada no pavilhão D, do Parque de Eventos, os visitantes conhecem algumas doenças que podem afetar o intestino, entre elas o câncer. Ao final da visita, todos são convidados a responder a um questionário sobre seus hábitos alimentares e estilos de vida e, se estiverem enquadrados dentro de alguns quesitos como sintomas e histórico familiar da doença, os mesmos estão tendo a possibilidade de realizar exames preventivos gratuitamente. “Através de dois projetos do ITPS, um em parceria com a Roche e outro com o Conselho Municipal do Idoso, estamos disponibilizando, sem custos, a realização de exame preventivo do intestino para quem apresenta sintomas da doença em qualquer idade e que seja proveniente da região de abrangência do Hospital Tacchini. E, também, para quem não tem sintoma algum, mas tem idade acima de 60 anos e que seja morador de Bento Gonçalves”, explica a doutora Juliana Giacomazzi, gerente do ITPS.

Câncer do Intestino 

O câncer de intestino é o terceiro tumor mais frequente tanto em homens quanto em mulheres e ocorre mais frequentemente, depois dos 50 anos. Conforme dados do Instituto do Câncer, atualmente de cada 10 pacientes que chegam ao Hospital Tacchini, 6 já apresentam estágio avançado da doença, ou seja, a lesão não foi identificada precocemente. Há ainda dados que mostram que 15% dos pacientes diagnosticados com a doença na nossa instituição apresentam idade menor ou igual a 50 anos. A maioria das lesões, porém, tem crescimento lento, o que permite a realização de exames de detecção da doença ainda na fase em que não se transformou em câncer. O câncer de intestino, quando diagnosticado, muitas vezes apresenta lesões esparramadas que podem ultrapassar o limite do próprio intestino e se expandir para outros órgãos. Neste estágio, a doença já está instalada.

– Sinais que devem ser observados por quem não costuma realizar exames preventivos e que podem originar o câncer de intestino: intestino preso e diarreia; alteração da espessura das fezes; presença de sangue, muco e catarro junto às fezes; percepção de evacuação incompleta; desconforto abdominal; cólicas; emagrecimento; anemia ou fraqueza.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Foto: Divulgação

 

 

Sobre o autor

Da Redação

Da Redação

redacao@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário