Geral

Prefeitura gasta R$ 1,3 milhão com Funções Gratificadas no semestre

Suellen Krieger
Escrito por Suellen Krieger

A Prefeitura de Bento Gonçalves mantém atualmente 2.129 servidores ativos. Desses, 170 são beneficiados com a chamada Funções Gratificadas (FGs), um pagamento extra para que os funcionários desempenhem outras funções além daquelas previstas em seus cargos. Porém, com essa gratificação, o Executivo gastou no primeiro semestre do ano, mais de R$1,3 milhão.

Embora o número de FGs tenha reduzido de 186 no ano passado para 170, o valor gasto com o pagamento desses funcionários aumentou em média R$ 20 mil. O Secretário de Administração do município, Ivan Toniazzi, justifica esse aumento às promoções que os servidores recebem, passando de um tipo de FG para outro.

De acordo com Toniazzi, cada FG tem um valor. A reduzida custa R$441,40; a média R$938,58 e a elevada tem o custo de R$2.472,35. “Esse aumento de 20 mil reais em um ano não significa nada. É porque alguém recebe uma FG reduzida e é promovido para a média, ou recebe uma FG média e é promovido para a elevada, daí vem essa diferença de valores. Se alguém passa de uma reduzida para a elevada, por exemplo, são R$2 mil a mais”, aponta Toniazzi.

Embora não saiba quantos funcionários passaram de uma FG para outra, Toniazzi afirma que sempre tem promoções. “A função gratificada está sempre em análise pelos secretários, que observam se alguém está indo bem e pode aumentar, ou diminuir. Depende da necessidade do serviço, não tem uma regra, depende do dia a dia. A FG é dada para cargo de coordenador, chefia ou gerencia, então isso também ocorre seguido, assim como a criação de novos departamentos, sempre tem isso”, aponta Toniazzi.

Esse ano, o valor total gasto com FGs é de R$1.391.819,23. Para o próximo semestre, Toniazzi prevê que os números se mantenham estabilizados. “Vai ficar dentro disso, não vai mudar muito, mas a tendência é que fique estabilizado assim. Já houve épocas em que tivemos mais FGs. A lei permite que se tenha até 10% de FGs do número total de efetivos. Hoje a prefeitura tem 2129, por lei pode ser dado até 213 FGs, então estamos abaixo do que permitido”, finaliza Toniazzi.

Sobre o autor

Suellen Krieger

Suellen Krieger

Deixe um comentário