Paulo Vicente Caleffi

Olá

Estamos juntos. Que bom!

Foram seis meses de ausência e a saudade me fez voltar a companhia de vocês. Me afastei por exigência das regras eleitorais e dentre os 31.000 votos que recebi, certamente você estava lá. Minhas desculpas pela ausência e meus agradecimentos por ler esta coluna. O leitor é que me faz escrever, por prazer.

Tenho muito para contar desta experiência política. Foram quarenta dias de campanha eleitoral e o que mais valeu foram as novas amizades. Conheci muita gente nova e revi pessoas que me conheciam desde a infância e que o tempo quase apagou das lembranças.

Agora, temporariamente afastado da política, tenho mais tempo para fazer o que gosto. Com setenta anos tenho o direito de fazer tudo aquilo que posso, sem transgressões. Tenho o direito até de andar em dia de chuva de pés descalços na sarjeta da rua e que se dane a gripe. Quero é viver!

Estou de bem com a vida, com meu trabalho e com a família. Você leitor também faz parte desta família. Afinal, também divido com você um pedaço de meu ser.

Minha cidade é Bento Gonçalves. Para os leitores, minha Região é o alcance do JORNAL SEMANÁRIO. Meu Estado é o governado pelo Leite e meu Brasil é comandado pelo Capitão. Muito disto vou comentar nesta coluna semanal que estará com vocês na quarta-feira. Evitarei transgredir mas sempre direi minha verdade sabendo que poderá ser diferente de outras verdades. Respeitarei opiniões divergentes e aceitarei críticas.

Desejo sucesso a todos os governantes: Prefeito, Governador e Presidente. São os que elegemos na crença que corresponderão aos nossos anseios.

Que nenhum passe na história apenas para ter sua fotografia na parede de um prédio público. Ser protagonista é deixar uma marca maior do que uma foto.

A vantagem de ter concorrido a cargo público é que agora posso falar de cadeira, com mais conhecimento de causa. A desvantagem de ter perdido a eleição é que minhas propostas de campanha serão postergadas. Os trinta e um mil eleitores que acreditaram nas minhas propostas também fizeram sua parte. Vocês foram aqueles que confiaram numa ideia renovadora e séria. Quem deve se cobrar são aqueles que elegeram políticos que vendem apenas a imagem, aqueles que acreditam em propostas fúteis, aqueles que ouvem as promessas de quem não poderá cumprir, aqueles que barganham cargos sem se preocupar com o futuro do Brasil.

Felizmente o povo renovou e novos políticos foram eleitos.

Não fiquei deprimido e tão pouco derrotado. Sai fortalecido e com vontade de fazer mais em nome daqueles que acreditam que pode ser diferente e melhor.

Importante é que agora estamos juntos no SEMANÁRIO e espero receber de vocês uns minutos de atenção. Nada mais!

Obrigado, amigo Leitor.

Sobre o autor

Paulo Vicente Caleffi

Paulo Vicente Caleffi

Empresário e cronista do Jornal Semanário.
redacao@jornalsemanario.com.br
www.jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário