Política

Oito candidatos disputam o governo do Rio Grande do Sul, confira

Ranieri Moriggi
Escrito por Ranieri Moriggi

Oito candidatos disputam as eleições para governador do estado do Rio Grande do Sul. As escolhas foram finalizadas no domingo, 5 de agosto, durante as convenções estaduais realizadas pelos partidos políticos. Conheça um pouco mais dos postulantes ao Palácio Piratini.

Abigail Pereira (PC do B) – Sem coligação
Abgail Pereira é a candidata ao governo gaúcho pelo PCdoB. A oficialização da candidatura aconteceu no dia 04 de agosto. É a primeira vez que o partido lança candidatura para o cargo desde a redemocratização. Abgail tem 58 anos e é formada em Pedagogia. O vereador de Campo Bom, Tiago Souza da Silva, compõe a chapa como candidato a vice-governador.

 

Eduardo Leite (PSDB) – Coligação Rio Grande da Gente (PSDB – PTB – PROGRESSISTAS – PHS – PPS – PRB – REDE)
Ex-prefeito de Pelotas, Eduardo Leite é o nome do PSDB na corrida ao Palácio Piratini. A confirmação aconteceu no dia 5 de agosto durante convenção do partido. Eduardo Leite tem 33 anos e governou a cidade do sul do estado gaúcho entre 2013 e 2016. A chapa ao governo do estado conta ainda com o delegado Ranolfo Vieira Júnior, do PTB, como vice.

Jairo Jorge (PDT) – Coligação Frente Rio Grande Tem Solução (PDT – PV – SOLIDARIEDADE – PODEMOS – PPL – AVANTE – PMB)
O PDT confirmou o nome de Jairo Jorge como candidato a governador do Rio Grande do Sul no dia 26 de julho. Jairo tem 55 anos, é jornalista e foi prefeito de Canoas, na região metropolitana de Porto Alegre, entre 2009 e 2016. Seu candidato a vice é o empresário Cláudio Bier, do PV.

 

José Ivo Sartori (MDB) – Coligação O Rio Grande no Rumo Certo (MDB – PSD – PSB – PR – PSC – PATRIOTA – PRP – PMN – PTC)
Atual governador gaúcho, José Ivo Sartori busca um fato inédito na história do Rio Grande do Sul: a reeleição. Sua oficialização como candidato do MDB ao Piratini aconteceu no dia 5 de agosto. Sartori tem 70 anos de idade e terá ao seu lado, como candidato a vice, José Paulo Cairoli, do PSD, repetindo a chapa vencedora nas eleições de 2014.

Julio Flores (PSTU) – Sem Coligação
O candidato do PSTU ao governo do Rio Grande do Sul é Júlio Flores. O nome do professor foi oficializado em convenção realizada pelo partido no dia 4 de agosto. Ele é formado em Ciências e Matemática e tem 59 anos. A candidata a vice é a professora Ana Clélia Schneider.

 

 

Mateus Bandeira (NOVO) – Sem Coligação
Mateus Bandeira foi escolhido como candidato ao Piratini pelo Partido Novo. A confirmação ocorreu no dia 20 de julho em convenção do partido, que disputa pela primeira vez uma eleição estadual. O empresário tem 49 anos e é ex-presidente do Banrisul. O candidato a vice é o advogado Bruno Miragem, ex-procurador-geral de Porto Alegre.

 

Miguel Rossetto (PT) – Sem Coligação
O PT confirmou no dia 05 de agosto o nome de Miguel Rossetto, de 58 anos, como candidato ao governo do estado do Rio Grande do Sul. Ele foi ministro do Desenvolvimento Agrário e da Secretaria Geral da Presidência nos governos de Lula e Dilma Rousseff, além de vice-governador gaúcho entre 1999 e 2002. Ana Affonso, vereadora de São Leopoldo, é a candidata a vice na chapa.

 

Roberto Robaina (Psol) – Coligação Independência e Luta para mudar o Rio Grande (PSOL – PCB)
Em convenção partidária realizada no dia 22 de julho o PSOL confirmou a candidatura de Roberto Robaina ao governo do estado do Rio Grande do Sul. Atual vereador de Porto Alegre, Robaina tem 50 anos de idade e é formado em História. A candidata a vice na chapa é a professora Camila Goulart.

 

 

 

 

 

Sobre o autor

Ranieri Moriggi

Ranieri Moriggi

geral3@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário