Taise Agostini

O papel da MÃE no desenvolvimento da criança

Taise Agostini
Escrito por Taise Agostini

A presença da mãe é essencial para a criança nos primeiros anos de vida. E a ausência tanto dela como do pai na educação e na rotina diária pode trazer sérios prejuízos à personalidade do filho. A criança de hoje não pode ser abandonada, e sua educação, delegada a terceiros, da avó à escola. A tarefa da mãe é oferecer um suporte apropriado para a criança obter um desenvolvimento positivo, sobretudo entre o nascimento e os 7 anos.

A mãe representa um ponto crucial na formação do ser humano, é a partir dos conceitos passados por ela que se desenvolverão habilidades no trato social, familiar, psicológico e até mesmo ambiental.
A figura da mãe dentro de uma família é tão importante que chega a superar a figura paterna. Até os 3 anos de idade a criança se enxerga como uma extensão da mãe. Somente após essa idade é que o pai ganha espaço na personalidade do filho.

Saber dividir o afeto é importante, pois algumas mulheres deixam os maridos de lado após o nascimento do primeiro filho. Para que a relação continue a dar certo, ela deve se dividir entre os cuidados com o bebê e a atenção ao marido, pois o primeiro passo para que o conceito família se estabeleça, é a união do casal.
A responsabilidade de ser mãe é o de educar para a vida. Certamente não existem fórmulas mágicas para educar. Ter bom senso, dialogar, amar seus filhos, ter consciência do seu papel. Amar só se aprende amando, não é verdade?13

Sobre o autor

Taise Agostini

Taise Agostini

Professora, pedagoga, pós graduada em neuropsicopedagogia e psicopedagogia clínica/institucional
taiseagostini@yahoo.com.br
www.jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário