Geral

O desempenho das escolas no Enem

Guilherme Kalsing
Escrito por Guilherme Kalsing

Levantamento aponta que as instituições de ensino de Bento Gonçalves ficaram bem colocadas em âmbito estadual

 

Um levantamento tendo como base os dados brutos do Ministério da Educação, apresentou a média das escolas participantes do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem), do ano passado. Nele, sete instituições de ensino de Bento Gonçalves estão entre os 100 melhores índices do Rio Grande do Sul.

O resultado obedeceu três critérios. O primeiro no quesito participação de pelo menos 50% dos alunos matriculados no 3º ano do Ensino Médio. O segundo, o desempenho dos mesmos dentro das questões objetivas realizadas no exame nas áreas de linguagem, ciências da natureza e humanas, e matemática. E por último, mas também com grande peso na avaliação, as notas da redação.

Medianeira, o melhor resultado de Bento

O melhor desempenho é do o Colégio Scalabriniano Nossa Senhora Medianeira. A instituição ficou na 22˚ colocação em redação no estado, a primeira em Bento Gonçalves e entre os 654 melhores no país, além dos excelentes resultados gerais.

Para diretora da instituição, Irmã Isaura Paviani, o resultado é fruto de um trabalho contínuo e de qualidade. “O teste do Enem é hoje um referencial da qualidade de ensino. E há muitos fatores que podem determinar uma classificação tão diferenciada, ao longo dos anos. O Colégio Medianeira é uma instituição de ensino muito atenta às demandas. Utiliza ferramentas e metodologias que são aprimoradas a cada dia”, diz.

Além disso, outras fatores são apontados pela diretora. “O currículo, como um todo, é diferenciado, com a formação continuada dos educadores, atendimento personalizado às familias e excelentes profissionais. E a filosofia do Medianeira e o jeito de gerir a escola também contribuem muito para o aprendizado”, finaliza.

Rede Federal

O segundo lugar, no geral de desempenho local, é do Instituto Federal Farroupilha do Rio Grande do Sul (IFFRS).  Os resultados e a colocação da instituição no cenário estadual e brasileiro, foi comemorada pelo Diretor de Ensino, Rubilar Simões Júnior. “Estamos satisfeitos estudantes no Enem, no entanto, nosso foco maior reside na busca do aprimoramento dos processos educativos e do atendimento ao Projeto Pedagógico Institucional, em particular da formação integral e cidadã de nossos estudantes. Para nós, representa motivo de felicidade e da dedicação permanente de nossos estudantes e dos servidores docentes e técnico administrativos que, mesmo em um cenário de redução orçamentária, estão permanentemente focados no processo educativo. E também, que estamos cumprindo nosso papel e assumindo diariamente o desafio posto no “PPI” que é estabelecer o trabalho pedagógico visando uma formação emancipatória, buscando estratégias de ensino que priorizem a articulação entre as dimensões trabalho, ciência, tecnologia e cultura, permitindo ao jovem a compreensão dos fundamentos técnicos, sociais, culturais, políticos e ambientais do sistema produtivo”, conclui.

Rede Particular

Além do Medianeira, a rede particular de ensino de Bento Gonçalves alcançou os 100 melhores resultados do Estado no Enem com mais três instituições.

A Quarta entre as escolas de Bento Gonçalves, de acordo com o levantamento foi o Colégio Sagrado Coração de Jesus. A diretora Irmã Maria Diva, ressalta o desenvolvimento dos alunos nas provas para alcançar o índice entre as melhores do Rio Grande do Sul. “Historicamente nossa instituição tem se destacado nos exames externos, a exemplo do Enem. O resultado revela o trabalho de excelência promovido dentro do Colégio e o compromisso que temos com o ato de educar e um indicativo de que estamos no caminho certo. As mudanças na prova do Enem, especialmente nesses últimos anos, reforçam a necessidade de mantermos um ensino atento às demandas, pluricultural e focado no desenvolvimento de habilidades e competências”, avalia.

Outros colégios particulares citados no levamentamento foram o Colégio Marista Aparecida, em 3º, e do Colégio Mutirão Objetivo.

Rede Estadual

A rede estadual teve a melhor colocação com o Colégio Mestre Santa Barbara, que assim com o IFRS, esteve com o maior número de alunos participando das provas. O resultado fruto de uma série de ações realizadas, conforme a diretora Margarida Protto. “Ficamos muito felizes pelo resultado, pois acreditamos em uma educação de qualidade, apesar dos desafios que enfrentamos diariamente frente a crise educacional. A Escola Mestre tem nos alunos o seu diferencial, que além da aula normal são convidados a fazerem grupos de estudos em turno inverso, onde os professores também participam quando possível, tirando dúvidas ou fixando conteúdos. O acesso a escola é livre em todos os turnos, pois é o aluno que faz com que a escola “viva”. Além disso temos parcerias com diversas entidades, as quais abordam diferentes oportunidades de escolhas, incentivando o protagonismo juvenil, um dos objetivos do Ensino Médio. A expectativa é sempre melhorar nosso desempenho, mas nunca esquecer que cada aluno é único ”, revela.

A lista se completa com a participação do Colégio Estadual Bom Retiro.

Confira a lista abaixo

Sobre o autor

Guilherme Kalsing

Guilherme Kalsing

Deixe um comentário