Regional

Novo bispo da Diocese de Caxias do Sul será anunciado dia 26 de junho

Ranieri Moriggi
Escrito por Ranieri Moriggi

O suspense para a divulgação do novo bispo da Diocese de Caxias do Sul deverá acabar na quarta-feira, 26. A confirmação foi feita pelo atual bispo, Dom Alessandro Ruffinoni, durante a celebração de Corpus Christi, sua última celebração como bispo diocesano, realizada em frente à Catedral de Caxias do Sul. Ruffinoni solicitou sua renúncia no dia 16 de maio do ano passado, após completar 75 anos, quando os bispos são obrigados a abrir mão do cargo e encaminhar seu pedido ao Papa Francisco, no Vaticano.

A previsão é de que o processo de transição entre o atual e o novo religioso dure até dois meses. Ainda não se sabe se Ruffinoni permanecerá na diocese, como Dom Paulo Moretto, bispo emérito e que ainda está em Caxias do Sul, ou vá para outro local. Isto só deverá ser planejado após a chegada do novo religioso.

Ao anunciar sua renúncia no ano passado, Ruffinoni disse que um questionário encaminhado aos sacerdotes da Diocese solicitava que as comunidades apontassem as características que o novo pastor deva ter para exercer a sua função. Após o recebimento das demandas, um documento seria elaborado e encaminhado ao núncio apostólico do papa no Brasil para auxiliar no processo de escolha do novo bispo.

Dom Alessandro Ruffinoni

Natural da Itália, nasceu em Piazza Brembana, na província de Bergamo. Ruffinoni foi nomeado bispo da diocese de Caxias em 16 de junho de 2010 pelo Papa Bento XVI e chegou na região no dia 6 de agosto como bispo coadjutor para auxiliar e substituir Dom Paulo Moretto, que completaria 75 anos, em 2011.

 

Sobre o autor

Ranieri Moriggi

Ranieri Moriggi

geral3@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário