Brasil e Mundo

Nova etapa de interiorização vai transferir 646 venezuelanos para o RS

Ranieri Moriggi
Escrito por Ranieri Moriggi

O Rio Grande do Sul será o próximo estado a receber os imigrantes venezuelanos que estão instalados em abrigos de Roraima. Entre 6 e 18 de setembro, 646 pessoas serão transferidas do norte ao sul do País pela Força Aérea Brasileira (FAB).

O governo federal vai repassar recursos para as prefeituras que vão receber os imigrantes. A cidade de Esteio vai receber R$ 530 mil e Canoas vai receber R$ 1 milhão para a operação. Já o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) vai contribuir com os alugueis dos venezuelanos.

Desde abril, 820 pessoas já foram transferidos de Roraima para Amazonas, Paraíba, Pernambuco, Mato Grosso, Rio de Janeiro e São Paulo, além do Distrito Federal. Como parte do processo de interiorização, os imigrantes recebem vacinas contra  sarampo, caxumba, rubéola, febre amarela, difteria, tétano e coqueluche. Nas cidades de destino, eles também são encaminhados a oportunidades de trabalho.

As viagens serão custeadas com os R$ 190 milhões liberados ao Ministério da Defesa por meio da Medida Provisória 823/2018, aprovada em abril, para fornecer assistência emergencial e acolhimento humanitário dos imigrantes.

Fonte: Governo Federal
Foto: Arquivo/Agência Brasil

Sobre o autor

Ranieri Moriggi

Ranieri Moriggi

geral3@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário