Adelgides Stefenon

Negócios e Empresas

Adelgides Stefenon
Escrito por Adelgides Stefenon

Propina e Política

Como não escrever sobre propina quando, nos últimos anos e nos últimos dias, todas as notícias principais do país estão envoltas com a propina cobrada por políticos e “servidores públicos” ? Como não escrever sobre propina quando os mais altos escalões políticos deste país estão envolvidos em, no mínimo, processos escusos de corrupção? Como não falar em propina quando, somente uma empresa, explicita para quem quiser ver e ouvir que, por aqui, no seio político e público, tudo só funciona via corrupção e propina? Falo “para quem quiser ver e ouvir” porque ainda há brasileiros que acreditam em papai noel e que ninguém sabia de nada.

A corrupção é um dos maiores males que um país pode apresentar porque é escondida, sorrateira, suja e afeta todo mundo. Com dinheiro da corrupção, poderiam ser construídos hospitais, escolas, investimentos maiores em segurança e bem-estar para todo o povo. Só que não.

Quando a corrupção vem institucionalizada, implantada dentro do sistema político de um país, seus efeitos são sentidos hoje e serão muito mais amanhã.

O que parece claro é que todos os políticos estão com o mesmo discurso: não sei de nada e tudo o que recebemos foi declarado e aprovado pelos órgãos competentes. Que órgãos competentes são estes que nunca viram absolutamente nada neste mar de lama que assola este país há muito?

Os 108 nomes da Lista do Fachin não cabem nesta coluna inteira. Precisaríamos duas colunas iguais a esta para colocarmos todos os nomes dos suspeitos políticos envolvidos nas delações da Odebrecht, ATÉ AGORA.
E estamos falando somente de uma empresa. E quando aparecerem as delações das outras construtoras?
Os valores da corrupção ? Um escândalo.

Ramificações no exterior? Sim.

Projetos de poder em muitos países da América Latina e África? Também.

Muitos partidos envolvidos? Com certeza.

Soluções à vista? Talvez.

Que todos os culpados devolvam o dinheiro e que sejam presos é o mínimo que se espera. Em países sérios, teríamos certeza que sim. No Brasil, lutemos para que sim.

Você pode até não ver mas você está pagando esta conta. É bom acordar, se não acordou ainda, que isto que certos políticos estão fazendo neste país é matar o futuro que se poderia sonhar.

Corrupção e política seriam sinônimos? Propina e política estão ligados umbilicamente ? Conseguirá o sistema jurídico limpar esta sujeira toda? Teremos nós, o povo, força para exigir mudanças para melhor? As eleições do ano que vem mostrarão mudanças?

Por isso e por outras é que defendo um Estado mínimo e que deem de graça a outro planeta os governantes deste país.

Abraços e sucesso.

Sobre o autor

Adelgides Stefenon

Adelgides Stefenon

Adelgides Stefenon é economista, mestre em marketing, consultor nacional e internacional e professor universitário.
adelgides@stefenon.com.br
www.stefenon.com.br

Deixe um comentário