Editorial

Natal solidário

Até este dia 25 de dezembro, nas mais variadas cidades de nosso glorioso Estado, observamos que o Papai Noel vai chegar das mais diferentes formas, renovando as esperanças para o ano que se iniciará em alguns dias. Como se sabe, Natal ou Dia de Natal é um feriado e festival religioso cristão comemorado anualmente no dia 25 de dezembro (em alguns países o Natal é comemorado no dia 7 de janeiro).

Originalmente a data era destinada a celebrar o nascimento anual do Deus Sol no solstício de inverno, sendo adaptado pela Igreja Católica no século 3 d.C. para permitir a conversão dos povos pagãos sob o domínio do Império Romano, passando a comemorar o nascimento de Jesus de Nazaré. O primeiro indício da comemoração de uma festa cristã litúrgica do nascimento de Jesus em 25 de dezembro é a partir do Cronógrafo de 354. No ano 350, o papa Júlio I levou a efeito uma investigação pormenorizada e proclamou o dia 25 de dezembro como data oficial, e o imperador Justiniano, em 529, declarou-o feriado nacional.

Mas vinculado ao Natal, além da fé e da esperança, está a figura do Papai Noel, que é o senhor de barba e cabelos brancos que traz não só presentes materiais para as crianças, mas a simbologia de fé e de esperança, principalmente para aqueles que só a isso podem agarrar-se, já que não raras vezes lemos cartas de crianças, endereçadas ao Papai Noel, que pedem apenas paz em suas casas, ou mesmo uma cesta básica para que possam alimentar-se. Por isso acreditamos que mesmo que o Natal tenha seu objetivo comercial, ainda traz sentimentos de renovação e de que a vida pode mudar, se acreditarmos, se desejarmos, se lutarmos.

23Assim, você, leitor, também pode ajudar a trazer mais esperança para as crianças carentes neste Natal. Primeiro jamais tire a crença da criança no Papai Noel. Segundo, seja o Papai Noel de alguma criança, auxiliando no que for possível, doando um brinquedo usado e em bom estado, uma roupa, uma cesta básica. Tente ser como o verdadeiro Papai Noel, que foi uma pessoa de carne e osso, mais precisamente São Nicolau Taumaturgo – um arcebispo turco. São Nicolau costumava ajudar pessoas pobres da cidade de Mira colocando moedas de ouro nas chaminés de suas casas durante a época de Natal. Bom Natal a todos!

Sobre o autor

Da Redação

Da Redação

redacao@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário