Geral

MP pede afastamento de Valdecir Rubbo

Da Redação
Escrito por Da Redação

Após uma coletiva de imprensa na tarde desta quarta-feira, 22 de junho, o Ministério Público ofereceu denúncia contra o presidente da Câmara de Vereadores, Valdecir Rubbo.
As investigações culminaram na denúncia contra o presidente da Câmara de Vereadores, bem como de Maicon Cristiano de Mello, Franciele Rech Fragoso e Hernesto Hattge Filho. Eles fraudaram o concurso público da Casa, regido pelo Edital 01/2014 para aprovar oito pessoas indicadas por Rubbo. Os quatro são acusados de associação criminosa, corrupção ativa e passiva e falsidade ideológica, pelo pagamento de R$5 mil para inclusão de nomes na lista de aprovados. Em alguns dos casos, as notas chegaram a ser dobradas para que os indicados pudessem ser nomeados para os cargos.

O MP solicitou à Justiça que determine a suspensão do exercício de função pública do presidente da Câmara, bem como de atividade de natureza econômica ou financeira quando houver justo receio de sua utilização para práticas de infrações penais. O processo agora aguarda deliberação do Judiciário.
O promotor Alécio Nogueira ajuizou, nesta quarta-feira, 22, duas ações cíveis por atos de improbidade administrativa contra todos os envolvidos e as respectivas empresas. Nas ações, o MP solicita anulação das nomeações ainda vigentes do concurso da Prefeitura, bem como do concursod a Câmara de Vereadores.

Leia mais na edição impressa do Jornal Semanário.

Sobre o autor

Da Redação

Da Redação

redacao@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário