Brasil e Mundo

Ministro do Planejamento diz que o governo não revisará o valor do salário mínimo

Ranieri Moriggi
Escrito por Ranieri Moriggi

O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, disse nesta terça-feira, 23, que o governo federal não vai revisar o salário mínimo nacional deste ano em função do reajuste programado ter ficado abaixo da inflação de 2017. De acordo com o ministro, a lei de reajuste do salário mínimo prevê que pequenas variações possam ocorrer, sendo compensadas no ano seguinte.

Ele lembrou que o reajuste em 2017, por exemplo, ficou um pouco acima da inflação de 2016 e, agora, ficou um pouco abaixo. “Isso vem sendo feito todos os anos. A própria lei prevê que se pode compensar essas pequenas diferenças”, afirma Oliveira.

O salário mínimo deste ano é de R$ 954, um pouco acima do valor de 2017, que era de R$ 937. A elevação no mínimo em 2018 fixada pelo governo foi de 1,81%, a menor desde a criação do Plano Real e abaixo do resultado do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), que subiu 2,07% no ano passado.

O salário mínimo de 2018, em vigor desde 1º de janeiro, voltou ao mesmo patamar do mínimo de três anos atrás, de acordo com cálculos do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Em 2015, o mínimo nominal era de R$ 788, mas passa para R$ 953,87 quando esse valor é corrigido pela inflação acumulada desde então.

Sobre o autor

Ranieri Moriggi

Ranieri Moriggi

geral3@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário