Bairros

Linha Eulália: torneio integra famílias e une gerações

Cleunice Pellenz
Escrito por Cleunice Pellenz

Foi através de uma brincadeira das famílias Bianchi e Dal Ponte, no ano de 1992, que surgiu o Torneio das Famílias na Linha Eulália. Nesta ano, o tradicional campeonato daquela localidade completou 25 anos de histórias, integrando os familiares e unindo as gerações em uma competição saudável e recheada de boas lembranças.

De acordo com Luciano Dal Ponte, um dos organizadores da atividade, a cada ano mais pessoas participam desta celebração. “Começou como uma brincadeira e depois as pessoas começaram a fazer esta integração com os seus familiares. Entretanto, para melhor organização, se o indivíduo tem dois sobrenomes de descendentes da localidade, poderá atuar somente em um time, pois o que vale é o último sobrenome que consta no documento”, explica.

Ele também diz que a união é forte e que familiares vindos de diferentes regiões e até estados participam da programação, por isso, ela já é tradicional. “São pessoas de todas as idades, de vários locais, descendentes da Linha Eulália e algumas que também são convidadas. Neste ano, 10 famílias participaram deste momento de integração, que contempla jogos de futebol e almoço. Muitas vezes, as disputas ocorrem até tarde da noite, dependendo da quantidade de famílias que participam”, relata.

A família vencedora do torneio, neste ano, foi a Gabardo, que levou para casa o troféu de campeã. De acordo com César Gabardo, muito mais que uma premiação, o intuito da confraternização é a integração entre todos os presentes. “É um encontro de gerações de outras famílias e também dos próprios parentes. Esta tradicional reunião consegue unir muitas pessoas que não se viam há algum tempo, e é nesta oportunidade que elas acabam se reencontrando”, salienta.

Sobre o autor

Cleunice Pellenz

Cleunice Pellenz

geral5@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário