Esportes

LGF ou Federação: BGF aguarda congressos para definir futuro

Da Redação
Escrito por Da Redação

Clubes do Rio Grande do Sul se dividem entre as duas entidades


Durante a tarde de hoje, 23, os dirigentes e representantes de parte dos clubes de futsal do Rio Grande do Sul se reúnem em Guaporé para a realização do primeiro congresso técnico da Liga Gaúcha de Futsal 2 (LGF 2), o segundo escalão do torneio estadual com chancela da entidade homônima à competição. Apesar de prévia confirmação, o Bento Gonçalves Futsal, o BGF, ainda busca definição sobre participação ou não no torneio; alternativa é o estadual promovido pela Federação Gaúcha de Futebol de Salão (FGFS).

A decisão sobre qual caminho será seguido pelo time da Capital do Vinho deve ser tomada na noite de terça-feira, 26. Isto porque a diretoria do clube pretende comparecer no congresso promovido pela LGF 2 nesta tarde, mas também reunir-se com a federação estadual três dias depois, para, aí sim, tomar uma decisão.

Apesar de ter sido confirmado ao longo das últimas semanas entre os participantes da LGF 2, o BGF mudou a estratégia. De acordo com o presidente do clube, Alcindo Somensi, um dos fatores que pesam para a possível migração à FGFS estaria relacionado ao status do BGF. “Pela Liga estaríamos na segunda divisão, enquanto que pela federação disputaríamos a Série Ouro. Além disso, a FGFS promete a transmissão das partidas”, conjectura o mandatário, projetando uma melhor divulgação da marca neste cenário.

De acordo com o técnico do BGF, Vaner Flores, independente da definição que será tomada, qualquer situação demanda planejamento por parte da equipe. “A decisão a ser tomada é bastante delicada. Há prós e contras para todos os lados que precisam ser colocados na balança a fim de que se veja o caminho a ser seguido”, avalia.

A diretoria pretende anunciar oficialmente o torneio que disputará ainda na quarta-feira, 27. Ainda que haja incerteza acerca das competições, o BGF já anunciou alguns jogadores que vestirão a camiseta do clube na temporada 2019.

O imbróglio

Até 2018, a competição independente surgida da ruptura de relação dos clubes com as federações estaduais geria a principal divisão do futsal do Rio Grande do Sul, chamada de Liga Gaúcha de Futsal (LGF).

Em 2019 criou-se um novo capítulo do imbróglio envolvendo a LGF e a Federação Gaúcha de Futebol de Salão (FGFS). A ruptura foi ainda maior e as duas entidades farão as suas competições.A LGF terá três divisões e, ainda, uma para o feminino e categorias de base. A federação estadual também seguirá modelo com torneio feminino, além de duas divisões do masculino.

Ainda que a organização da LGF garanta legitimidade para seguir com a organização das competições, a federação estadual ameaça punição para os times que não disputarem os torneios da entidade oficial. O duelo entre os mandatários deve persistir mesmo após o início das competições.


Foto: arquivo, Lucas Delgado

Sobre o autor

Da Redação

Da Redação

redacao@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário