Segurança

Juíza determina reabertura do caso Guilherme Quadros Corrêa, ocorrido em 2017

Da Redação
Escrito por Da Redação

Morte em março do ano passado, em Carlos Barbosa, será reinvestigada

O Poder Judiciário de Carlos Barbosa decidiu pela reabertura do caso Guilherme Quadros Corrêa, ocorrido no município em março de 2017. O pedido foi feito pela juíza Cristina Margarete Junqueira, que acolheu a solicitação do promotor Paulo Manjabosco, que havia solicitado o desarquivamento do inquérito policial.

O pedido havia sido protocolado em 23 de abril em caráter de urgência pela advogada de defesa da família. Já a decisão foi acolhida pelo Poder Judiciário na quarta-feira, 9 de maio.

A decisão foi tomada após análise do laudo alternativo de perícia, feito por uma empresa privada de São Paulo, após o arquivamento do caso. A decisão de buscar uma perícia alternativa foi tomada pela defesa da família da vítima.

O inquérito arquivado havia concluído que Guilherme Quadros Corrêa, 19 anos à época, havia morrido em função de um acidente de trânsito. No entanto, o laudo alternativo refutou diversos pontos apresentados pelo laudo no qual o Instituto Geral de Perícias se baseou. Entre eles, estavam o estudo hemático e os padrões das manchas de sangue no veículo, além de imagens de câmeras próximas ao local do acidente.

O caso envolvendo a morte de Guilherme Quadros Corrêa ocorreu em 19 de março de 2017. Na ocasião, o jovem teria se envolvido em uma briga na rua coberta, em Carlos Barbosa. Após, colidiu o carro que dirigia. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

Foto: Altamir Oliveira

Sobre o autor

Da Redação

Da Redação

redacao@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário