Segurança

Inquérito denuncia irmãos por tentativa de homicídio qualificado em Carlos Barbosa

Ranieri Moriggi
Escrito por Ranieri Moriggi

O relatório que apresenta as informações sobre o inquérito do caso do barbeiro de Garibaldi, Irani Dalmás, agredido por dois irmãos em janeiro passado, no salão de Linha Vitória, em Carlos Barbosa foi protocolado pelo delegado de polícia de Carlos Barbosa, Leônidas Augusto Costa Reis, na terça-feira, 10, Judiciário barbosense.

O relatório do delegado indicia Márcio Piccinini, 36 anos e Marcelo Piccinini, 24 anos pela tentativa de homicídio qualificado por motivo torpe. Esse inquérito agora deverá ser analisado pelo Ministério Público que poderá pedir novas diligências, denunciar os indiciados, desqualificar o indiciamento ou pedir o arquivamento.

Após a manifestação do promotor de justiça e com decisão da juíza se acata ou não a possível denúncia é que o processo é instaurado.

Relembre o caso

A desavença iniciou pela manhã daquele sábado, quando Dalmás se desentendeu com o pai dos irmãos, Tarcísio Piccinini, em um bar do bairro Alfândega, por causa de uma dívida. Depois deste fato, cada um dos idosos, foi para sua casa. Os filhos, tomando as dores do pai, foram até o salão de Linha Vitória, na noite de sábado, por volta de 21h e agrediram o idoso, inclusive utilizando chave de boca.

Dalmás sofreu lesões na cabeça, no rosto, tórax e no abdômen. Ele ficou internado por 10 dias na UTI do hospital Pompeia em Caxias do Sul, onde passou por cirurgia no crânio. Dalmás possui barbearia, bem no centro, na avenida Rio Branco, para onde retornou ao trabalho depois de sua recuperação.

Sobre o autor

Ranieri Moriggi

Ranieri Moriggi

geral3@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário