Regional

Governo e lideranças regionais participam de inauguração da revitalização da ERS-431

Ranieri Moriggi
Escrito por Ranieri Moriggi

Considerada uma das principais rodovias da Serra, a ERS-431 ganhou um novo pavimento asfáltico e sinalização reforçada ao longo de 20 quilômetros de extensão, entre os municípios de Bento Goncalves e Dois Lajeados. A estrada, recuperada através do Programa Restauro da Secretaria dos Transportes, foi inaugurada oficialmente nesta quinta-feira, 15, e contou com a presença do governador José Ivo Sartori. Ainda no roteiro de inaugurações na 431, Sartori entregou a revitalização do acesso ao município de São Valentim do Sul e da ponte sobre o Arroio Santa Bárbara, entre Bento Gonçalves e São Valentim do Sul.

Durante almoço com os prefeitos e lideranças regionais, Sartori ressaltou a importância das obras para o desenvolvimento regional. “Estamos muito contentes em entregar aos motoristas que utilizam a ERS-431 uma estrada totalmente renovada. Junto com o acesso a São Valentim e com a ponte sobre o Arroio Santa Bárbara, celebramos grandes conquistas a toda a comunidade da Serra, que ganha melhores condições de circulação dos moradores, dos visitantes, da produção local, regional e do turismo”, afirma.

As intervenções efetuadas no pavimento e na sinalização da rodovia ao longo de 20 quilômetros entre Bento Gonçalves e Dois Lajeados foram concluídas em outubro de 2017. O trecho revitalizado vai da ponte sobre o Rio das Antas até o entroncamento com a ERS-129. Os serviços incluem substituição das camadas defeituosas de pavimento e implantação de nova capa asfáltica. A drenagem recebeu melhorias, com a construção de novas sarjetas e desobstrução das existentes.

Ponte de Santa Bárbara

A construção das cabeceiras da ponte, situada no quilômetro 18 da ERS-431, entre Bento Gonçalves e São Valentim do Sul, teve início em janeiro de 2018. A obra permite que os motoristas voltem a transitar na estrutura, que estava em desuso desde 2010. As obras, executadas pela empresa Encopav, incluem terraplanagem, drenagem, reconstrução dos aterros e a pavimentação da via. O investimento foi de R$ 527 mil.

Sobre o autor

Ranieri Moriggi

Ranieri Moriggi

geral3@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário