Economia Geral

Gás de botijão eleva prévia da inflação oficial, aponta IBGE

Ranieri Moriggi
Escrito por Ranieri Moriggi

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (PICA-15), deve fechar o mês de outubro com alta de 0,34%. Em comparação ao mês anterior, o índice subiu 0,23 ponto percentual. As consecutivas altas no preço do gás de botijão influenciaram nos números apresentados nesta sexta-feira, 20, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com o Instituto, o IPCA-15 fechou o acumulado no ano (janeiro-outubro) em 2,25%, resultado que chega a ser 3,86 pontos percentuais inferior aos 6,11% do mesmo período do ano passado. A alta, segundo o IBGE, foi pressionada pelos preços dos combustíveis, em especial o gás de botijão, que fechou outubro com alta de 5,72%. Foi o terceiro aumento consecutivo e a maior alta desde outubro de 2015. O gás de cozinha impactou a alta de 5,36% dos combustíveis domésticos, que influenciaram o grupo habitação, que fechou o mês com elevação de 0,66%.

 

 

 

Sobre o autor

Ranieri Moriggi

Ranieri Moriggi

geral3@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário