Esportes

Futebol Americano: Grupos do Campeonato Gaúcho são definidos

Lucas Delgado
Escrito por Lucas Delgado

Bento Gonçalves Snakes está no grupo mais equilibrado da competição; Carlos Barbosa Ximangos prevê evolução e coloca pressão para adversários

 

A Federação Gaúcha de Futebol Americano (FGFA) divulgou durante a semana o regulamento e os grupos do Campeonato Gaúcho da modalidade em 2018. Com mais equipes e uma nova fórmula, o torneio terá 15 participantes. O Bento Gonçalves Snakes fará parte do Grupo A e pode repetir 2017, quando passou de fase pela primeira vez no estadual.

Junto à equipe de Bento Gonçalves, estarão o Santa Cruz Chacais, o Porto Alegre Gorillas e o vencedor do jogo 3 da repescagem (que será disputado entre os perdedores de Canoas Jaguars contra Buriers e Viamão Raptors contra Gravataí Spartans). O novo formato prevê a participação de 12 times na fase inicial – após as repescagens – e, na sequência, oito participam dos playoffs.

Para o presidente do Snakes e também vice-presidente da FGFA, Rodolfo Pizzi, a próxima edição do estadual foi muito bem organizada e será a melhor fórmula possível. “A Federação, sob o comando do [presidente] Ismael Ferreira, fez um trabalho sensacional para montar o torneio. Foram dois meses de organização e, no momento em que foram divulgados os detalhes, recebemos somente avaliações positivas”, afirma.

Snakes volta para o Campeonato Gaúcho com esperança de avanço às fases finais –
Foto: Lucas Delgado

A diretoria do Snakes acredita que o Grupo A, do qual faz parte, é o mais equilibrado de todos e destaca a reorganização do torneio. “Nós gostamos muito de todos os aspectos do Campeonato Gaúcho. Para nós, ficou excelente, já que enfrentaremos adversários fortes em um grupo que terá os jogos mais equilibrados. Por exemplo, temos um histórico de derrotas para Santa Cruz Chacais, mas são excelentes e equilibrados jogos; é uma equipe que joga limpo e por isso gostamos muito de enfrentá-los”, garantiu Pizzi.

Para 2018, o Snakes contará com um reforço no corpo técnico da equipe. Vitor Cohen, que foi coordenador do time de ataque do Cuiabá Arsenal – clube que disputa a Brasil Futebol Americano (primeira divisão nacional) – será o assessor técnico. “Nosso trabalho de comissão técnica, que já era forte, está cada vez mais reforçado. O nosso novo assessor montou conosco o plano de trabalho da temporada e com base nele estamos focado e já aplicando as medidas”, valorizou o presidente do Snakes.

Projeções para o Snakes

Na sua terceira participação em campeonato estadual, o Snakes amplia a sua expectativa de perfomance. Se em 2017 os planos eram de passar da fase inicial e chegar aos playoffs, para a próxima edição, a possibilidade de disputar uma decisão é possível para a diretoria da equipe. “Colocamos como objetivo fazer finais no próximo ano. Acreditamos que seja possível disputar decisão de conferência ou até mesmo fazer a final do campeonato. Estamos trabalhando para confirmar isso”, relatou Pizzi.

Além das 12 equipes que farão parte da primeira fase do Campeonato Gaúcho, outras duas entram nos playoffs. Santa Maria Soldiers e Juventude FA (que nas últimas duas edições foram campeão e vice-campeão, respectivamente) não disputarão as primeiras partidas.
O Bento Gonçalves Snakes disputou a sua última partida em 14 de outubro, contra o Jaraguá Breakers. A equipe retorna aos treinamentos em 9 de janeiro.


Ximagos fica no Grupo C do campeonato estadual

O Carlos Barbosa Ximangos disputará o seu segundo Campeonato Gaúcho de Futebol Americano em 2018. Mais experiente, o time ficou no Grupo C após as definições confirmadas pela Federação Gaúcha de Futebol Americano.
Na fase de grupos – que sucede a fase qualificatória, que servirá como uma repescagem -, o Ximangos terá de encarar o Porto Alegre Bulls e Armada Futebol Americano, da capital, e o vencedor de Canoas Jaguars e Buriers Football (São Leopoldo). Desta forma, a equipe terá pelo menos três jogos no primeiro semestre.

Ximangos ficou em terceiro na Copa RS, neste segundo semestre – Foto: ArtCam Filmes

Este será o segundo Campeonato Gaúcho de Futebol Americano disputado pelo Ximangos. Para o head coach (técnico) da equipe, Paulo de Tarso Pillar, a tabela e organização do torneio agradaram a todas as equipes. “Eu achei bem interessante este novo formato. Seria impossível fazer com que todos jogassem contra todos devido ao calendário apertado. Portanto acredito que a divisão dos grupos deixou o campeonato justo e competitivo para todos”, argumentou.

O Ximangos ganhou experiência com participação na Copa RS durante o segundo semestre de 2017. Foram quatro partidas disputadas, tendo vencido duas e perdido outras duas. Em 2018, será o segundo estadual disputado pela equipe, que terá mais experiência. “A verdade é que entramos nos Gaúcho de ‘sangue doce’. É apenas nosso segundo ano, as coisas vão acontecendo naturalmente com o passar do tempo. Os times que tem 8, 10 anos de experiência é que tem a pressão de conquistar objetivos maiores e, por isso, seria injusto que eu cobrasse do meu jovem time grandes metas”. O treinador tratou ainda de citar o real favoritismo para as duas primeiras colocações do grupo para os adversários: “A obrigação de classificação é toda do Bulls e do Armada. Nós somos franco-atiradores”, complementou Pillar.

O time barbosense atualmente ocupa o nono lugar no ranking organizado FGFA. Em 2017, ano de estreia, o Carlos Barbosa Ximangos venceu apenas uma partida e perdeu quatro no Campeonato Gaúcho de Futebol Americano.

Sobre o autor

Lucas Delgado

Lucas Delgado

esporte@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário