Esportes

Farrapos vence o Desterro e se isola na liderança de grupo

Lucas Delgado
Escrito por Lucas Delgado

A primeira de duas partidas entre Farrapos e Desterro pelo Super 16 foi realizada na tarde deste sábado, 4 de agosto, no Estádio da Montanha. Com frio característico de um dos picos bento-gonçalvenses, mas com um sol que por vezes aumentava a sensação térmica, os donos da casa superaram as dificuldades da primeira parte e venceram os catarinenses que respeitaram a forte de defesa adversária  por 32×16.

O jogo colocou uma dinâmica de jogo que o Farrapos não estava mais tão acostumado, visto que há quase um ano enfrenta apenas equipes do estado. Diante dos atuais campeões de Santa Catarina, a dificuldade foi aumentada se comparado aos dois primeiros confrontos (contra San Diego e Charrua, ambos com vitória).

Os visitantes inclusive saíram na frente com penal de  Ruan Weiss, mas logo o Farrapos virou com try do recém chegado Coghetto (sem conversão). Respeitando a defesa adversária, o Desterro novamente optou por chutar o penal e voltou à frente, colocando 6×5 no marcador. Mas esta foi a última vez que esteve a frente. Antes do intervalo, o Farrapos anotou mais dois tries e foi para os vestiários na liderança por 19×6.

O segundo tempo teve pouca movimentação no placar, sobretudo em seu início, controlado pelo time local. Apenas Ruan acertou os “H” em tentativa de penal e deu a impressão de reação. Mas os mandantes logo retrucaram com tries e um penal. O Desterro ainda anotou mais uma pontuação máxima do rugby, mas não foi suficiente, encerrando a partida em 32×16 para o Farrapos Rugby.

Marcos Civardi, atleta do Farrapos, ressaltou o conhecimento do adversário como fundamental para a conquista dos pontos. “O Desterro tem um nível de dificuldade grande e treinamos já sabendo disso, sabendo os pontos fortes e fracos. Sabíamos que pelo meio eles eram fortes, então os espaços seriam por fora, e por isso atacamos muito pelas pontas e conseguimos fazer o resultado assim”, avaliou.

Durante o jogo, a equipe catarinense optou por buscar três pontos em penais ao invés de mirar o try, mesmo estando próximo do in-goal em uma estratégia conservadora, denotando conhecimento da defesa do Farrapos. “Desde o ano passado a defesa do Farrapos é um destaque. A defesa está forte, mas precisamos seguir melhorando para atingirmos o objetivo que é o título brasileiro”, concluiu Civardi.

Com a vitória, o Farrapos assume a liderança isolada do Grupo D do Super 16 com 15 pontos. O Desterro fica em segundo com 10, seguido de Charrua e San Diego, com 4 e 1, respectivamente. Desta Forma, os bento-gonçalvenses estão entre as quatro melhores campanhas do Nacional de Rugby.

 

Sobre o autor

Lucas Delgado

Lucas Delgado

esporte@jornalsemanario.com.br

Deixe um comentário